domingo, 26 de julho de 2020

A NATUREZA CUIDA DE SI MESMA...



QUINTA DAS ACÁCIAS 




O meu 1º passeio após a autorização para o desconfinamento 

foi à ERICEIRA e à aldeia da MATA PEQUENA 

e juntei todas as fotos em três posts 

mostrei-vos as belezas que vi... 

depois, queremos sempre mais 

e, já tinha na ideia ir a RIO MAIOR 

comecei a pesquisar o que gostaria de ver 

e descobri a QUINTA DAS ACÁCIAS 

(segundo o que li, um lugar lindíssimo onde 

se fazem festas de casamentos e baptizados) 

e existe o Restaurante GATO PRETO 

quando lá cheguei era mesmo horas de almoçar 

às 4ª feiras o prato do dia é cozido à portuguesa! 

. . . / . . .

Depois de almoçar pedi autorização ao dono 

se podia fazer umas fotos na Quinta, 

ele disse que sim, MAS...estava tudo muito 

abandonado pois desde Fevereiro 

que não existem festas devido ao Covid...

Quem adora fazer clicks tudo serve para 

fotografar e lá fui à procura de belos clicks.





fui descobrindo muitas pontes de madeira 

e muitas flores azuis e outras brancas - agapantos







ADORO FLORES 

e deliciei-me a fotografá-las, 

mas...o tal abandono via-se nas águas estagnadas

que pena! Um dia quando voltar a tudo funcionar, 

e estando o jardim cuidado, deve ser 

uma maravilha aos nossos olhos, imagino eu!







a NATUREZA cuida de si mesma 

e as flores lá estavam lindíssimas






continuei o meu percurso, 

vê-se o edifício onde se fazem as enormes festas 

com centenas de convidados... e,

 a área exterior é mesmo grande!





gosto muito de fazer várias perspectivas das pontes 

e aqui foi uma maravilha, sem pessoas pela frente, 

aquela área era toda minha...






logo à entrada há uma placa que diz:

HOJE HÁ FESTA...

pois, mas não sei quando voltará novamente 

a haver festas ali e em todos os outros lados, 

porque infelizmente os números de infectados

continua a aumentar...




guardei este AGAPANTO BRANCO para o fim, 

OFEREÇO a TODOS OS/AS AMIGOS/AS

para vos pedir desculpas da minha ausência

tenho passado mal com o calor e pouco venho à net 

Aguardemos por dias melhores!



segunda-feira, 6 de julho de 2020

ALDEIA DA MATA PEQUENA



Depois de tanto percorrer 

caminhos no meio do nada 

lá aparece a ALDEIA DA MATA PEQUENA







não se vê uma única Alma...

vou seguindo o caminho 

e olhando para todo o lado, 

vendo aquelas casinhas numa Paz tão merecida!








para quem gosta de fotografar 

portas e janelas, está no lugar ideal






chegando ao fim do caminho 

ladeado por casinhas de um lado e do outro, 

vemos então os montes que cercam a aldeia 

e aqui encontrei o lavadouro antigo




tudo tão belo...

eu nem acreditava que finalmente 

tinha diante dos meus olhos, 

um lugar que ouvi falar durante anos 

e nunca o tinha descoberto












e, no caminho de regresso ao carro 

vou olhando para aquilo que na ida 

não tinha visto bem, 

esta casa é logo à entrada do lado direito








uma casinha para os passarinhos, 

flores lindíssimas 

e também animais





no fim, olho para trás 

e feliz penso: 

foram mesmo MOMENTOS PERFEITOS



sexta-feira, 26 de junho de 2020

CONTEMPLAR A NATUREZA




Continuando o passeio 

pelas ruazinhas da ERICEIRA 

ia descobrindo janelas e portas 

lindíssimas, que fui captando













também algumas lojas de surf 

e tudo que tenha a ver com o MAR 






Já de carro 

fui saindo da ERICEIRA 

deitando um último olhar ao MAR 




e, passo pela ALDEIA TÍPICA DO JOSÉ FRANCO 

também conhecida como ALDEIA SALOIA,

localiza-se em SOBREIRO, 

no Concelho de MAFRA 

estava fechada ao público devido à Pandemia 

fiz umas fotos e segui caminho 







dentro do carro, avisto ao longe 

as torres do CONVENTO DE MAFRA




continuo e vou perguntando 

pela ALDEIA DA MATA PEQUENA 

já há algum tempo que tinha vontade de 

descobrir este lugar, mas sou franca, 

quase desisti, anda-se no meio do nada, 

campos e não se vê uma Alma...

até que, vejo esta tabuleta 

e penso...devo ir no caminho certo! 





paro o carro, saio e vou fazendo 

clicks da Natureza...

época dos campos estarem 

cheios de caracóis

nas flores silvestres 








Natureza no seu estado mais puro!

Até que, finalmente, chego ao destino...