domingo, 22 de fevereiro de 2015

TÚMULOS IMPERIAIS DA DINASTIA NGUYEN


Ando absorvida com o meu projecto principal de 2015
Passar para fotolivro algumas das milhares de fotos que tenho, das viagens 
que faço pelo Mundo...estou no 4º fotolivro, todo ele dedicado ao Vietnam.
Continuando o passeio, os Túmulos Reais vão-se sucedendo. 
Estes espaços pensados para servirem como a última morada dos imperadores 
da Dinastia Nguyen são simplesmente imponentes e esmagadores e demonstram todo o 
poder (em vida e na morte) e megalomania daqueles que reinaram 
no Vietname nos séculos XIX e XX.


Túmulo do Imperador Khai Dinh

A última parte do complexo de Khai Dinh, na parte superior do túmulo 

Imperial, é o Palácio de Dinh Thien, onde podemos ver o sarcófago do Imperador. 

Este palácio do túmulo imperial é composto de várias salas adjacentes, onde 

o salão principal contém uma estátua do Imperador Khai Dinh sentado sobre 

o seu trono e a seus pés, o seu sarcófago. 

Curiosamente nesse dia, estava uma equipa de filmagens a rodar uns "takes"

Captei esta linda moça, no seu traje típico, pareceu-me ser a actriz principal

Aproveitavam as escadarias e todo o ambiente do exterior do palácio...



Os túmulos ficam nos arredores de Hué

Eram construídos, como o nome indica, para serem a “última morada” 

dos imperadores que reinaram em Hué, mas eram verdadeiros palácios, 

de modo que muitos chegaram a morar lá, ou ao menos 

passaram parte do tempo neles. 

No alto de uma escadaria chega-se a um palácio onde fica 

propriamente o túmulo e uma estátua do Imperador, 

todo decorado com elementos de porcelana colorida, 

que contrastam com o material escuro usado do lado de fora. 

...

Nas próximas imagens toda a área do túmulo de Tu Duc

 Depois do portão de entrada, vê-se logo um lago, com uma ilha no meio 

e uma construção de madeira na outra margem 

- Pavilhão Xung Khiem - 

usado para o lazer do imperador e suas concubinas

 (como disse acima, muitos usavam os mausoléus ainda em vida). 




é notória a preocupação com o bom aspecto para impressionar os turistas

e, não só, para manter o local bonito e aceitável

assim que vi o lago, reparei neste homem que andava num barquito a 

recolher os limos que vinham à superfície

na imagem seguinte, a bela ponte que temos que atravessar para 

ter acesso ao Pavilhão Xung Khiem



Toda a área envolvente ao túmulo de Tu Duc é um lugar pacífico de descanso 

Neste pavilhão com um lago e flores de lótus onde, em vida, o Imperador

pescava, ouvia música e escrevia poesia - (apetecia ali ficar...)

Junto aos túmulos havia sempre o pátio de cerimónias, 

com estátuas de pedra para protecção dos túmulos. 

Atendendo a esta pequena amostra de imagens, podem imaginar 

como estou muito entusiasmada com o meu fotolivro.



sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

CATÁLOGO DE VIAGENS para 2015


Este "post" é um autêntico catálogo de viagens! 

Porque, no domingo passado - dia 1 de Fevereiro, 
fui ao CCB à apresentação do catálogo da agência 
"Pinto Lopes Viagens" e levei uma amiga de longa data 
como minha acompanhante; foi uma delícia para os nossos olhos ver desfilar no ecrã todas aquelas hipóteses de viagem. A minha amiga até me disse: foi bom estar aqui sentada e poder viajar pelo mundo durante 50 minutos.



lógico que coloco as imagens conforme a ordem de prioridade nas minhas escolhas; no ano passado levei outra pessoa como acompanhante, foi uma estreia e essa pessoa este ano perguntou-me: então, quantas viagens adjudicaste? a minha resposta foi: se me sair o euromilhões tenho quatro na mira: CHINA SHANGRI-LA, MOÇAMBIQUE com Gorongosa, Cruzeiro no Golfo Arábico e MADAGÁSCAR (cultura e vida selvagem), todas grandes viagens!





Pois...não saindo o euromilhões talvez uma viagem mais pequena...não me importava nada de ir a Malta ou ao Chipre... Quando tinha os meus 16 anos fiz o meu 1º Safari precisamente na Gorongosa! Mas, naquela época eu não dava o valor que dou hoje e, estava ali mesmo à mão a Gorongosa...Hoje é um sonho!



ao chegar ao CCB vi esta feirinha de artesanato, fiquei a saber que acontece apenas no 1º domingo do mês e coincidiu o dia 1 de fevereiro ser o 1º domingo...
após a apresentação do catálogo de viagens tivemos direito a uma visita guiada ao CCB e pela 1ª vez entrei no "Pequeno Auditório"...(foto captada no palco) não pude visitar o "Grande Auditório" porque estava a acontecer um espectáculo naquele momento.



de todas as viagens que acontecem durante o ano, podemos participar enviando 3 fotos, assim fiz! No meio de centenas de fotos há uma vencedora...a imagem acima foi a foto vencedora de 2014, mas fomos informados que, o júri está muito satisfeito com a qualidade das imagens a concurso e para o ano decidiu dar 3 prémios, uma viagem ao vencedor! Na imagem seguinte captei uma das minhas fotos a concurso, enviei 3 e estão 2 na exposição, que fica todo o ano patente ao público, mas...na loja do Porto!



segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

CIDADELA DE CASCAIS


A Cidadela de Cascais localiza-se na Vila, Freguesia e Concelho de mesmo nome
Na margem direita do rio Tejo, trata-se de um complexo fortificado que 
compreende ainda:o Forte de Nossa Senhora da Luz de Cascais 
e a Torre de Santo António de Cascais.
O conjunto tinha a função de defesa daquele trecho da costa, acesso à capital, Lisboa.
O conjunto da Cidadela de Cascais, incluindo o Forte de Nossa Senhora da Luz, 
a Torre de Santo António de Cascais, e toda a parte fortificada que está compreendida 
entre a Ponta do Salmodo e o Clube Naval de Cascais, encontra-se classificado como 
Imóvel de Interesse Público através do Decreto nº 129/77 de 29 de Setembro de 1977.
A 18 de Março de 2012 aconteceu a abertura de uma unidade hoteleira 
com 126 quartos, restaurante, espaço de música, lojas 
e espaço para eventos denominada de "Pousada Cascais". 
Este investimento foi feito pelo Grupo Pestana


Cidadela de Cascais: aspecto da Praça de Armas com a Pousada Cascais
Dia 08 de Março de 2014 foi inaugurado o "Cidadela Art District", 
um centro de exposição de arte ao ar livre, com galerias culturais 
e estúdios abertos para artistas trabalharem perante os visitantes. 
O "Cidadela Art District" é uma iniciativa do Grupo Pestana, 
gestor da Pousada de Cascais, localizada na fortaleza da Cidadela. 
O Cidadela Art District inclui seis galerias culturais, entre as quais 
a primeira galeria Raw Art em Portugal, 
e seis "open studios", onde os artistas poderão ser vistos a trabalhar.
A Pousada de Cascais muda também de nome passando a ter 
uma nova designação: "Pousada Cascais - Cidadela Historic Hotel & Art District".


Já fora da fortaleza da Cidadela encontrei D. Diogo de Meneses




Acima, vários aspectos da área envolvente...

mais ao longe consegui captar outras imagens, como o Hotel Baía, 

na maravilhosa Baía de Cascais




Um dia lindo, céu azul e aconchegado por um sol bem quente, 
quem diria que estava no Inverno - 24 de Janeiro de 2015...

Mais caloroso seria o reencontro com uma amiga dos "velhos tempos" 
que me recebeu neste espaço simpático e cheio de luz



a cereja no topo do bolo foi ter à minha espera, a "bebinca"!!!

Obrigado Amiga!  

Melhor era impossível...


Deliciei-me com esta fatia de bebinca! 

A bebinca é um doce tradional indiano e deve ficar mais parecida 
com um pudim do que com um bolo, como tal deve levar menos farinha 
e cada camada demora meia hora a fazer. 

Adoro a combinação do leite de coco com o cardamomo, 

dá-lhe um sabor exótico e diferente.

A bebinca é um bolo que nos chega de Goa, o famoso bolo das sete camadas. 

...mais "Momentos Perfeitos" na minha vida!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

APROVEITA A VIDA Henry Altmann


Aproveita a Vida Henry Altmann 
Escolhi para início do NOVO ANO este filme 
que é também uma mensagem para todos...
Só temos que "aproveitar a Vida" 
Um filme com uma lição de vida, onde 
revi momentos da minha vida - tal e qual situações que 
acontecem ao comum dos mortais... 
na imagem abaixo o momento em que a médica comete 
um erro enorme, só porque o seu dia não estava a correr bem, 
deu um diagnóstico errado ao doente...
Infelizmente isto acontece cada vez mais, é uma das minhas 
grandes revoltas, precisamente porque já fui vítima 
de 3 casos de negligência médica e hoje sofro na pele, por isso.


Com: Robin Williams, Mila Kunis, Peter Dinklage
Comédia Dramática - EUA, 2014, Cores, 83 min.
Para além de misantropo Henry Altmann é profundamente infeliz. 
Um dia, numa consulta em que lhe são avaliados alguns exames médicos, 
se depara com alguém bastante parecido consigo: a Dr.ª Sharon Gill. 
Desorientada com o temperamento irascível de Henry, 
que não aceita o seu diagnóstico e lhe exige respostas imediatas, 
ela acaba por o informar que ele tem um aneurisma e que apenas 
lhe restam 90 minutos de vida.
Com aquela informação inesperada, Henry Altmann cai em si, 
percebendo como tem andado a desperdiçar a sua existência, 
vivendo miseravelmente e fazendo infelizes todos os que têm cruzado 
a sua vida. Simultaneamente a esta tomada de consciência por parte 
de Henry, também Sharon se apercebe do terrível erro que acabou de 
cometer e de como é urgente encontrar solução 
para aquele mal-entendido…
Com realização de Phil Alden Robinson, uma comédia dramática 

que se inspira no filme "The 92 Minutes of Mr. Baum", 

do realizador e actor israelita Assi Dayan. 

Robin Williams, Mila Kunis, Peter Dinklage e Melissa Leo 

assumem os principais papéis.




Nas imagens o momento em que a médica encontrou 

o doente que tentava suicidar-se...


Um filme que nos leva a pensar profundamente. 
A história e o seu desenrolar arrepia-nos até porque o 
Robin W. já não está entre nós. Fiquei colada ao ecrã. 
Este excelente actor, neste e em todos os filmes que fez, faz-nos 
sempre entrar numa viagem de forma absolutamente soberba. 
As emoções são tão bem passadas que também as sentimos. 
Fica também aqui o adeus a Robin Williams. 




Destaco esta frase, no filme, que me deixou a pensar...
Apenas os idiotas e os psicopatas 
não têm arrependimentos na Vida!!!


segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

MEIXEDO e RABAL - TRÁS-OS-MONTES


Na viagem ia encontrando pontes e riachos

difícil era parar o carro e poder fotografar, 

a estrada estreita não permitia que ocupasse uma das vias 

para poder fazer umas fotos...

Ia passando pelas aldeias: MEIXEDO e depois RABAL



Aqui o Parque Natural de Montesinho, 
situado no extremo Nordeste de Portugal 
faz fronteira com a Galiza e Castela. 

Aqui, as paisagens transmontanas 
deslumbram pelas imponentes serranias, 
património natural, fauna e flora variadas. 




Ao longo do rio Sabor, tomando como referência a estrada 

que parte de Bragança, passa-se pelas 

aldeias de Rabal, Portela, França e Montesinho 

que preservam os modos de vida tradicionais da região. 

...

Quem não sonha com estas paisagens estonteantes, 

rasgadas por ribeiras e riachos,

bem como as lareiras dos Invernos gelados, 

que inspiram poetas e escritores. 


Pelo caminho ia ficando deslumbrada 

com a quantidade de água que encontrei, 

fosse em cascatas ou quedas de água...

ali ficava escutando o som fresco da água que corria livre, 

tão livre como eu me sentia!



... quando dei por mim, estava em FRANÇA


sábado, 6 de dezembro de 2014

MOMENTOS em TURISMO RURAL


Foi este o bungalow onde passei bons momentos

pelo sossego, pela Natureza em redor

Era isto que eu precisava - isolar-me, viver no meu mundo!

Adoro o Outono pelas belas cores da Natureza e foi isso que vi e senti.

De manhã ao acordar, abri as portadas da casa de pedra

e foi esta a paisagem que vi diante dos meus olhos.



Sozinha, pela estrada fora, sem GPS,
para um lugar completamente desconhecido e lá fui eu! 
Aproveitei um voucher que tinha comprado há 6 meses
Indicações: 
circulando pela A4 já perto da cidade de Bragança 
sai na indicação  Bragança Sul- Vinhais- Montesinho 
e vai para CEPO VERDE - Turismo Rural e Campismo 



andava eu entretida a preparar o meu pequeno-almoço, 

quando, de repente vejo um "miau" à janela, 

foi dar-me os bons dias

Percebeu que eu estava só e achou por bem ir fazer-me companhia,

 muito melhor que muitas pessoas... 




Quando saí para um passeio, o "miau" ficou aninhado 

no beiral da janela e disse-me: 

Vai descansada, eu tomo conta da nossa casa...!

Fiquei na "Casa do Lobo" um T2



Visitei aldeias preservadas

acompanhei a ida para a lavoura de alguns habitantes das aldeias

espreitei lugares maravilhosos




e, assim andei até ao fim do dia, 

para desfrutar deste belíssimo por-do-sol 

...sinal de que o mereci



Termino com um belo pensamento:

 «Prefiro o silêncio dos sábios do que as palavras dos tolos.»

(Augusto Branco)