segunda-feira, 3 de junho de 2019

SAINT-RÉMY-DE-PROVENCE




Um dos maravilhosos quadros de Vincent Van Gogh 

ADORO os pintores "Impressionistas", no topo para mim estão: 

Van Gogh - Claude Monet e Pierre-Auguste Renoir 

por isso, assim que vi o programa de viagem 

"Sul de França e os Impressionistas" 

fiquei logo, em pulgas, para o fazer 

e concretizei esse sonho nos finais do mês de Abril. 

Neste dia de viagem o destino era visitar o Hospício 

onde esteve internado Van Gogh...

poucos dias depois da minha visita faria 130 anos que a 

8 de maio de 1889 ali deu entrada Van Gogh, 

vinha transferido do hospital de Arles.




saio do autocarro e dirijo-me para a ladeira que leva à bilheteira

no caminho vou captando imagens de quadros do pintor 

que vão ornamentando todo o percurso...




Os famosos lírios pintados por Van Gogh




Lá está a nossa Guia Anna, comprando as entradas 

para a visita ao hospício; foi emocionante andar por lugares 

que Van Gogh percorria. Lugar bonito, com muitas flores, 

encontrei explicações das suas obras, tem o edifício 

que foi o asilo, onde ficou internado cerca de um ano! 

A sensação de estar no local onde Van Gogh pintou cerca 

de 150 quadros, no seu último ano de vida, é indescritível. 

O nível de conservação e respeito ao artista 

foram mantidos de forma impecável





Acima placas identificativas dos lugares que podemos visitar.

Uma estátua do artista com os famosos girassóis no braço




até que vejo diante de mim, o asilo de Saint-Paul-de-Mausole

...a alguns minutos do centro de Saint-Rémy-de-Provence, 

numa ruazinha estreita e quase escondida 

estava o objectivo da visita daquele dia...






Saint-Paul foi inicialmente um mosteiro agostiniano!

Foi transformado em asilo na primeira década de 1800

e continua a ser um hospital psiquiátrico

O hospital não pode ser visitado, mas a igreja, o claustro 

e o quarto onde Van Gogh viver e pintou, estão abertos ao público.

Algumas fotos que fiz dos claustros 






dirigi-me à cozinha, antes de entrar captei esta placa 

e juro que foi mais para agora poder situar-me e ajudar-me 

no texto do post,  quando hoje... finalmente

 leio com atenção o que está na placa... fiquei boquiaberta 

por descobrir que foi reconstruída por 3B production 

durante a filmagem de "La Créatrice", em 2012, 

filme dirigido por Bruno Dumont com a excelente actriz 

Juliette Binoche, que adoro ver trabalhar...






indicam-me que devo subir uma escadaria até lá acima 

para visitar o quarto onde Van Gogh viveu e vejo este trabalho 

de patchwork resultado de uma obra colectiva






cá estou eu, à entrada do quarto onde Van Gogh 

viveu e pintou obras maravilhosas, 

as paredes pintadas de verde, 

cortinados num outro tom de verde, a cama...




eu, nem queria acreditar, que eu estava mesmo ali... 

um sonho magnífico tornado real 



segunda-feira, 13 de maio de 2019

MUSEE OCEANOGRAPHIQUE





Esperar é uma virtude e eu esperei, sempre com Esperança 

e assim chegou o dia que fui conhecer o MÓNACO. 

. . . / . . . 

Fiquei rendida ao Principado e à organização, 

o turista chega e está tudo pensado; 

todos sabemos que fica num rochedo 
e eu a pensar: 
terei que subir ruas íngremes para chegar lá acima? 
era a minha dúvida... 

Nada disso, o autocarro vai directamente para um parque de

 estacionamento dentro do rochedo e, dali há três lances de 

escadas rolantes, que chegam a uma plataforma onde 

se sai para o exterior e temos logo esta vista magnífica 

do MUSEU OCEANOGRÁFICO




Nas paredes vemos imagens antigas como decoração dos 

três lances de escadas rolantes, captei esta foto antiga 

do mesmo Museu Oceanográfico...

depois de fazer umas fotos na tal plataforma com uma 

vista maravilhosa para o azul do MAR, voltamos a entrar 

e temos vários elevadores (foto abaixo) que nos levam 

até uma Praça onde há a entrada principal para o museu... 






antes de reparar nas bilheteiras...

 vi estas placas de sinalização e, fiquei de boca aberta...

uma placa a indicar onde há um "Desfibrilhador"

Já corri meio mundo, mas isso nunca vi...!!!

Ali estão as bilheteiras, mas não nos deram tempo para 

visitar o enorme museu e o aquário... precisavamos no mínimo 

de uma hora e esse foi o tempo que nos deram 

para ver tudo... há que fazer escolhas!





O Museu Oceanográfico do Mónaco é uma instituição 

fundada em 1910 por Alberto I - Principe do Mónaco

Localizado num promontório sobranceiro ao Mar, 

abriga espécies de animais marinhos como estrelas-do-mar, 

cavalos marinhos, tartarugas marinhas, medusas, 

lagostas, tubarões, chocos, etc 

Jacques Cousteau foi seu director por vários anos, 

a partir de 1957






Seguimos por um caminho que nos levou a um belo jardim, 

com vistas magníficas para o Mar...








Árvore doada por uma Fundação como símbolo 

do tratamento do cancro em Mulheres... 

uma ave muito colorida embeleza o jardim






Caminhando pelo jardim, as vistas continuam a deixar-me 

rendida àquele azul do Mar, ali aos meus pés




recantos deslumbrantes e estátuas pelo jardim




até que volto a ter outra visão completamente diferente 

do Museu Oceanográfico, noutra perspectiva

(foi lá de baixo que captei a 1ª imagem)






Lá em baixo uma das muitas marinas existentes 

e, um barco de gente com um bom nível de vida, 

parte em busca de aventura e momentos perfeitos! 



segunda-feira, 6 de maio de 2019

PASSEIO DE BARCO NO ALQUEVA



Comecei a planear o dia do meu aniversário 

com um mês de antecedência, o alojamento 

por duas noites e o passeio de barco no Alqueva!





Só que não correu tão bem como eu gostaria, 

o dia com muita chuva, quase que cancelavam o passeio, 

éramos sete pessoas e tivemos que ir num barco-casa 

para não nos molharmos, pois o barco que habitualmente 

faz esse passeio para menos de 12 pessoas, é um barco aberto. 

Tinha que "aproveitar" as abertas para sair do barco 

e ir fora captar umas imagens... 




Quem reservar este tipo de barco pode conduzi-lo dentro 

e também estar aos comandos fora, há esta cadeira 

para quando estiver bom tempo, poder fazê-lo fora 

e apreciar as belas paisagens!




Sempre que podia, escapava para o exterior; 

aqui pedi a um senhor que me fizesse uma foto, 

para mais tarde recordar...





Um outro idêntico ao que eu ia, atracou nesta margem 

e ali ficaram... pode-se alugar por muitos dias! 

As paisagens eram do melhor que há!




Ilhas e ilhotas de todos os tamanhos e feitios 




Ao fundo nuvens negras ameaçavam mais chuva 

e até trovoada tivemos... 




O passeio foi de quase duas horas, uma hora até aqui, 

onde víamos ao fundo a barragem, depois virou 

e quase outra hora para regressar à Marina




A chuva não deu tréguas e quando estava próximo 

o fim do passeio caiu uma valente carga, todos saímos do barco 

debaixo de uma tromba de água, ficamos todos encharcados!