segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

TARDE DO FOGAREIRO - MOITA 2014


A tradicional Tarde do Fogareiro  
decorreu no dia 19 de Setembro, a partir das 13:00h, 
na Avenida Dr. Teófilo Braga, na Moita, 
integrada no programa da 
Festa em Honra da Nossa Senhora da Boa Viagem.



Na principal avenida da vila da Moita, são colocadas mesas e cadeiras, 
seguidas dos indispensáveis fogareiros, 
com as brasas acesas prontas para grelhar os petiscos. 
Não falta nada! Há comida e bebida com fartura.
Com a chegada do fado vadio, este ano com o fadista Mariano João, 
acompanhado pelo conjunto de guitarras de Sidónio Pereira. 
O famoso huga-huga” apaixona toda a gente!
É o mais famoso almoço dos festejos populares, 
que se prolonga pela tarde fora. 






Foi assim a Tarde do Fogareiro, 
durante a qual se assiste à maior concentração de gentes da Moita, 
seus amigos e familiares, 
num local único de convívio e animação.

Este ano também fui... !

depois de bem bebidos e bem comidos 

acontecem brincadeiras entre os conhecidos, para animar a festa




Há varandas e janelas enfeitadas

Há pessoas de todas as idades

Há uma fanfarra que vai tocando todas as modinhas

Há pessoas a dar um pezinho de dança 

Acima de tudo, há ALEGRIA para esquecer as desgraças do dia-a-dia...





sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

QUINTINHA DO ZOO


Desde o início das férias que estava prometida uma visita ao Jardim Zoológico de Lisboa...o dia chegou! 

Começamos o nosso passeio pela "Quintinha"
Atração onde se estimula o contacto direto entre as crianças e os animais domésticos mais comuns nas propriedades rurais. 
Inclui uma horta com espécies vegetais que as crianças podem facilmente identificar.

Vimos vários legumes que utilizamos nas sopas e saladas, bem como algumas árvores de fruto. 
A minha neta aprendeu algo novo, pois foi uma surpresa ver que a melancia vem de uma árvore rasteira e não de árvores como a macieira e o pessegueiro, como lá viu.

Depois chegamos à área dos animais, que qualquer criança tanto adora!





Qual a criança que não adora póneis? 

Um coelho branquinho a roer a sua cenoura?

Que maravilha esta cabra-anã que fazia diabruras e as crianças deliravam de euforia!

 O meu neto ficou apaixonado pela vaquinha, fez-lhe festas na cabeça, 
ela era muito mansinha...

e, a porquinha que encostou-se às tábuas, 
abriu as suas pernocas e fez o seu xi-xi ali à frente de todos...




A minha neta levou um bloquinho e uma caneta na sua malinha e ia escrevendo o nome de todos os animais por onde passávamos, 
além de, na outra mão levar a máquina fotográfica que a Avó empresta, sempre que vamos fazer um passeio em conjunto. 

Lá vem os carrinhos do teleférico que nunca param, nem para entrar, nem para sair...toca a saltar lá para dentro e aproveitar ao máximo as vistas lá de cima...



Teleférico - esta atração permite sobrevoar o Zoo durante cerca de 20 minutos. 
É uma viagem emocionante que proporciona uma surpreendente panorâmica do Jardim Zoológico. 

O meu neto fez 3 viagens de teleférico, por ele tinha feito outras tantas, adorou...
Aqui vai a Catarina feliz... (mas, cheia de medo) no teleférico com a Avó!


Para mim, esta é a imagem do paraíso na terra! 

Adoro flamingos e vê-los lá do alto é fabuloso...


segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

VERÃO...AZUL...ÁGUA...DIVERSÃO



VERÃO
...
VERÃO
...
AZUL - ÁGUA - DIVERSÃO




Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, 
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores.
(William Shakespeare)



Este ano foi diferente
há cerca de 6 anos que deixei de ir à praia
de viver o Verão, apanhar Sol, relaxar na toalha
...e, continuo a não poder fazer isso!
...
Mas, aprendi a desfrutar do Verão
captando momentos de alegria e descontração
das crianças, 
de quem gosta de mergulhar
de quem gosta de se bronzear
de quem gosta de se divertir



qual é a cidade de Portugal 
que no Verão, não tem o seu combóio turístico?
este captei-o em Vilamoura
...
todos eles com um belo colorido
levam as pessoas a percorrer
os lugares mais importantes de cada terra


Assim, vou decorando a minha alma!
...
Sempre que posso usufruo do carinho 
e de bons momentos na companhia dos meus netos!
...
Haverá melhor coisa na Vida?



sexta-feira, 8 de Agosto de 2014

MODIFICAR A QUALIDADE DA RELAÇÃO COM O MUNDO


Não existe uma vida feliz, apenas momentos felizes... 
será uma frase feita?
pois que seja...mas essa é a grande verdade!
Aproveite cada momento, seja um olhar, abraço ou beijo; 
são momentos únicos, que ficam na eternidade... 
Viver o momento presente traz a plenitude da vida. 



No momento presente decidi fazer uma nova experiência,

não será a idade que me impedirá...

quem sabe a falta de saúde me impeça, 

mas...enquanto puder hei-de aproveitar e bem. 

O que se passa nas primeiras fotos?

na 1ª o bungalow que me estava destinado Nº 14, 

de seguida abro a porta e espreito o que me espera, 

trato de juntar as camas e preparar o meu espaço...



assim que abro a porta do meu bungalow, 

deparo-me com esta vista: do outro lado da rua 

um espaço aberto de convívio, em que 3 famílias, 

cada qual na sua tenda, é aqui 

nesta tenda familiar e aberta que fazem as suas refeições.

 Tudo à vontade, sem medo do alheio, 

gostei deste espírito campista...

fêz-me recordar o meu tempo de escuteira, 

onde partilhar momentos e coisas 

era o principal lema de vida.




na imagem acima, a rede de baloiço 

também partilhada por vários membros da família 

em momentos de relax absoluto 

na imagem seguinte o espaço reservado 

a um restaurante e bar no parque de campismo, 

com refeições económicas, mini-pratos; 

no bar acesso gratuito wi-fi para quem 

não consegue desligar dos computadores, 

mesmo em tempo de férias. 

A cancela tem afixado o horário de silêncio no parque, 

esta cancela baixa às 23h e volta a abrir às 7h da manhã 

 obrigatório silêncio 

e não é permitido circular viaturas nesse espaço de tempo



a área onde me fixei durante 3 dias, 

o espaço a que tinha direito: 

um bungalow com cama e mesa de cabeceira, 

luz, estendal de roupa 

e espaço de estacionamento para o carro


a recolha de lixo que era feita 2 vezes ao dia 

eu vi pela tardinha e logo de manhã


O primeiro passo para modificar a qualidade da relação 
com o mundo é dar tempo a si mesmo. 
Tornar mais lento os ritmos, estancar a sucessão 
trepidante de acontecimentos. 
É na tranquilidade que fruímos a densidade do presente 
e podemos elaborar as emoções profundas, 
aquelas que penetram fundo na alma e a convidam a crescer. 
É assim que vou vivendo os meus dias!!!

quarta-feira, 9 de Julho de 2014

RHAPSODY - COCKTAIL BAR-PUB - MIKONOS


Uma longa viagem começa com um único passo. 

(Lao-Tsé)





na imagem acima vê-se a entrada do RHAPSODY BAR 

quando passamos nas ruelas estreitas 

e na foto abaixo vê-se as varandas do mesmo bar, 

já viradas para o mar


Mikonos é assim: de um lado vê a Little Venice 
e do outro lado vai ver uma fileira de moinhos 
sobre uma colina. 
Essa é a parte antiga de Mykonos 
e um dos cartões postais da ilha. 
É uma ilha especial! 
O seu aspecto pitoresco vai para além da arquitetura típica 
grega, das vielas cheias de buganvílias 
e dos moinhos de vento. 
Chora, a capital, é a parte mais antiga da cidade. 
Ruas de pedra cheias de casinhas brancas, 
com varandas floridas e cercada de igrejas pequeninas, 
um labirinto com recantos por desvendar. 
Um cenário que se descobre logo quando se chega de barco. 
Os moinhos que se avistam 
foram construídos pelos venezianos no século XVI.