sábado, 25 de julho de 2009

O "MAU"

Este post vem na sequência do outro em que falei sobre o "BOM" da Blogosfera, aqui terei que falar do "MAU" que também existe.
Os comentários são essenciais. Se não quisermos comentários, temos uma forma de evitar, bloqueando o acesso aos mesmos. Mas eu acho que eles conferem interactividade e interesse a um blogue.
No entanto, é preciso saber que género de comentário se escreve. Porque comentários que nos fazem mal, nos deixam tristes e deprimidos não interessam de todo.
Deve haver da parte de quem visita, uma “sensibilidade” para saber o que escrever, quando escrever e como escrever…
Este meu e vosso cantinho é feito de partilha de emoções, recados, momentos bons e menos bons, vivências e, também uma forma de receber miminhos, que tanta falta faz.
Obrigada a todos os que aqui deixaram as suas emoções através de palavras de conforto, desejando as minhas melhoras.
Ainda não posso dizer: O pior já passou...
Apenas posso dizer que é uma questão de tempo...e de paciência.
Continuo de repouso absoluto na convalescença da pneumonia.
É também tempo de reflexão…poruque...depois de receber um comentário bem amargo, que me deixou lavada em lágrimas (era desnecessário…) estive em meditação e cheguei à conclusão que
“TUDO o que acontece na nossa Vida são desígnios de Deus”.
Assim sendo, Deus emite sinais e, a maior parte das vezes, o ser humano não sabe interpretar esses sinais. HOJE, ao fim de 4 semanas de sofrimento, idas ao hospital, consultas, exames médicos, repouso absoluto, medicação rigorosa penso:
Deus sabia que eu estava próximo de apanhar um esgotamento físico, devido à vida stressante que estava a ter nos últimos 5 meses e decidiu uma forma de eu fazer uma pausa!!! Tinha que forçosamente ter algo para parar, repousar porque da forma que andava algo muito pior poderia acontecer…
Será que estou a ser demasiado “positiva” com este pensamento?
Não sei…talvez, mas enquanto penso assim, fico convencida que do mal o menos!!!

No entanto fui “acusada” de ser uma pessoa negativa que só fala em doenças: "Mas ganha-me um espírito positivo. Sabes o que isso é. Naquilo que disseres ou escreveres fala-me uma linguagem positiva e não em doenças. Aquilo que expressamos é aquilo que recebemos. Por isso, minha menina, vamos ser positiva.”
Por favor, isto não é justo. Desde o início de 2009 que eu tenho aqui falado de coisas boas que têm acontecido na minha vida:
- a 1ª exposição individual de fotografia que aconteceu logo no princípio de Fevereiro;
- o meu novo “trabalho” também teve início em Fevereiro;
- outra exposição com os mesmos quadros durante 2 meses num Bar aqui onde vivo;
- a certificação do 12º ano entre outras coisas.
Tantos “Momentos Perfeitos” eu tenho tido este ano e sempre aqui vos contei, mostrei e partilhei.
Ao fim de quase 6 meses, aconteceu estar doente, sim é verdade.
Será que não posso partilhar com vocês este momento menos bom?
Por favor, digam-me:
Não se pode sentir tristeza? Por acaso é proibido?
Tristeza e alegria são duas emoções bem distintas uma da outra, mas são emoções na mesma.
Porque será que sou sempre criticada quando revelo as minhas emoções?... e, neste momento é a tristeza que predomina.
O problema é que as pessoas não querem se aperceber da verdadeira realidade dos outros, mas a realidade não é sempre cor-de-rosa, pois não?
Quantas pessoas já pararam para pensar:
- quanto custa não termos quem se interesse e queira saber realmente de nós...porque estamos doentes? - quanto custa ver que nos ignoram?
Deve ser terrível não termos na nossa vida quem queira saber de nós.
Deve ser NÃO.
É MESMO TERRÍVEL e MUITO TRISTE.
Mas cada vez mais as pessoas não olham...não sentem a tristeza dos outros...Quem escreveu essas palavras e outros que talvez tenham pensado da mesma forma, com toda a certeza ainda não passaram por aquilo que passo. Tenho amigas minhas que sabem da minha vida e podem aqui testemunhar o meu horrível sofrimento.
Quero aqui “PEDIR DESCULPAS” A TODOS QUE INCOMODEI COM O MEU DESABAFO. Não se admirem se de agora em diante, quando eu deixar um comentário nos vossos blogues, sejam apenas palavras não sentidas, do género: “Tudo bem, Passei por cá.” - comentário tão impessoal, não tem nada a ver com a minha pessoa.
Mas, muitas pessoas o fazem, no entanto esse não é o meu modo de ser. Só sei viver a vida com emoções, sou muito intensa em tudo que faço, escrevo, digo. Tenho também a dizer a minha opinião sobre a frase que me foi enviada:
"Aquilo que expressamos é aquilo que recebemos."
NÃO, nem sempre isso é verdade, porque este ano eu tenho andado feliz, tenho-me expressado de forma positiva e…fiquei doente!!! Acham mesmo que somos nós que pedimos para ficar doentes? Não acredito…sinceramente.
NOTA: com a "ajuda" dos verdadeiros amigos irei ficar mais alegre, tenho a certeza.
(foto minha, nas traseiras da minha casa - campo, nascer do Sol)
Peço a Deus que me dê a oportunidade de ver o Sol nascer durante muitos anos e com saúde.

34 comentários:

elvira carvalho disse...

Lamento a sua doença e peço desculpe de não ter andado por aqui. Mas não tenho andado muito pela blogosfera, e que me lembre eu nunca tinha vindo a este blogue mas sempre ao outro. Desejo rápidas melhoras e vá com cuidado, uma pneumonia não é para brincadeiras e uma recaída é muito perigosa.
Um abraço, bom fim de semana, e rápida recuperação.

Paula Raposo disse...

Eu espero qeu estejas a melhorar, uma pneumonia demora o seu tempo.
O escrever-se pode ter sempre outra interpretação diferente da intenção de quem escreveu. 'A falar é que a gente se entende' e a palavra escrita é demasiado poderosa e pode arrasar qualquer um.
Que continues a ter momentos muito bons e que a saúde fique em cima! Muitos beijos.

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Tulipa,

Claro que tens direito a estar triste. Conheço um pouco daquilo por que passaste e como bem o dizes, se calhar Deus achou que estava na altura de ficar um pouco em casa a descansar. Deus às vezes fecha-te uma porta à cara porque Ele quer que abras a outra ao lado que é bem melhor.
E mesmo se eu não soubesse nada, quem seria eu para te criticar ? Posso dar-te uns conselhozinhos, por exemplo de tentar ver os bons lados da vida, de tentar deixar o passado para trás mas limitaria-se a isto.

Minha querida amiga, desejo-te coragem para tratar desta doença curável, paciência, e aconselho-te a fixar o teu olhar nesta luzinha que está no fundo do túnel porque pouco a pouco vais lá chegar !

Beijinhos verdes de esperança

Verdinha

Zé Povinho disse...

Cara Tulipa
A vida de todos nós tem altos e baixos, e por vezes sentimos necessidade de partilhar, bons e maus momentos, correndo deste modo o risco de sermos mal interpretados. Não me considero nenhum felizardo mas tenho sido bafejado pela sorte, mesmo que aqui e ali apareçam as contrariedades, a que teimo em não dar demasiada importância, porque isso me faz mal, e me faz regressar a tempos que procuro esquecer.
Cada umexpressa-se como sabe e como sente, e é na diferença natural que existe entre os humanos que reside o interesse da vida, desde que o respeito paute os relacionamentos.
Gosto de pasar pelos teus espaços, ainda que comente poucas vezes, mas também não é meu hábito deixar mensagens iguais em todos os locais que visito.
Melhoras e em frente,
Abraço do Zé

Nadia Mendes disse...

Querida Tulipa, melhora depressa! Aprende e se feliz com os amigos positivos, esquece os negativos! Não interessam, só nos puxam para baixo!
E tens aqui um belo cantinho, pessoal e sensivel! Espero que continue assim!
Bjinho e Boa noite!
Nadia

as-nunes disse...

Tulipa, querida amiga

A questão dos comentários que vamos deixando pelos blogues que visitamos tem muito a ver com o sentido que lhes conseguimos interpretar mas também com a personalidade que está do outro lado, que nós só perecebemos por intuição.
De qualquer modo, no nosso caso, já tivemos oportunidade de nos "conhecer" de há alguns anos, para além de podermos dizer que partilhamos o facto de ambos vivermos para sempre as recordações de Moçambique, seja na Beira, seja em Nampula ou noutro lugar. Isso também me ajuda a perceber o próprio Mia Couto, como aconteceu há dias, quando cá esteve em Leiria.
Melhoras rápidas e que a paciência e fé não te faltem.
Podes contar com o nosso apoio moral, pelo menos.

Um beijo
António

Sight Xperience disse...

Olá Tulipa!
Um blog "implica" alguns riscos de exposição, os feedbacks que se recebem, podem efectivamente ter efeitos muito positivos ou negativos...
Tal como no dia a dia, não se pode agradar a todos... por isso temos, isso sim de ser coerentes com o que somos, fazemos e acreditamos. Isso sim é que é, ou deve ser o nosso propósito e a nossa preocupação.

A palavra escrita pode tomar um peso muito diferente da que é falada... será que não quem te escreveu não estava a tentar dar um "abanão"? Seja como for..à maneiras e maneiras...

A tua priopridade neste momento tem que ser só uma, seguires rigorosamente o que os médicos de dizem, para rápidamente recuperares a tua saúde!!!... O resto?...Só paisagem e ruido de fundo!
Uma beijoca XXL!

GarçaReal disse...

Do coração desejo tuas melhoras e que ao levantares os olhos,de ti saia a beleza de um olhar na luz doce de um domingo que instalará em ti a doce palavra amar.

Bjgrande do lago

Vieira Calado disse...

Olá, caríssima!

Folgo em saber que está em franco restabelecimento.

Receba as minhas calorosas saudações.

Beijoca

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Avó Tulipa

NINGUÉM é nosso AMIGO
NINGUÉM é nosso INIMIGO
CADA UM é nosso INSTRUCTOR

in Alegria e Triunfo de Lourenço Prado

Amiga, "os cães ladram e a caravana passa..."
Receba o meu carinho pois sei bem o que é de um dia para o outro ter uma carta para entregar no "desemprego".
Estes "Srs. Sabichões" que julgam saber tudo...mandar em tudo...acima deles está o nosso Pai do Céu...e se ELE entendeu que é agora a melhor altura para mudar de rumo...pois que seja...com Fé, Confiança, em dias melhores e sempre com um objectivo...subir a montanha para estar cada vez mais perto DELE.
Deus nosso Pai Criador do Universo é o único que cuida de nós, procura o que é melhor para nós, porque só ELE sabe o que nos convém, só ELE sabe as nossas necessidades...só ELE nos conhece e procura que atinjamos a nossa evolução.
Não desanime...e Acredite.
Boas melhoras e cuidado com as recaídas.
Vá vamos lá respirar fundo e num sopro deitar fora esse mau-estar essa tristeza...
Bjs. e um forte, forte abraço com muito carinho,
Mer

Obga.pela visita ao n/espaço e comentário...obga. mesmo.
Mer

direitinho disse...

Desejo que esteja recuperando dessa situaçao rapidamente.
Não somos nós que escolhemos as situações, nós somos como peixe apanhado na rede e isso fará sempre parte da nossa viagem.
Do blogue do Paulo Sempre lembrei-me de abrir esta porta e olhar com atenção aos motivos da sua escrita.
As razões que nos levam a expressar no papel os nossos sentimentos e os nossos pensamentos. Cada um é como é e tambem teremos de aceitar os comentários mais desagradáveis.
Já recebi alguns e logo procurei um cesto em baixo para o colocar sem dizer mais nada.
A vida continua nesta viagem que procuramos fazer cada dia. A alegria e a esperança farão sempre parte da bagagem que trnsporto na minha mala.
Vamos aproveitar as coisas boas e transformar as desagradáveis em coisas com sentido com nos relata no final desta sua história.

AnaMar (pseudónimo) disse...

Querida Tulipa:
O teu comentário veio tão certeiro e motivador que gerou em mim uma onda de energia positiva que te passo!
Com força e amizade que é possível neste meio, onde eu também, tenho tido experiências desagradáveis.

Nunca achei ninguém coitadinha nem que se vitimizasse, só porque partilham connosco alegrias , mas também dor. Quando há. A nós, aos outros, compete, quanto mais não seja por solidariedade e formação cívica, dar forças, palavras amigas, sentidas que nos ponham para cima.
Talvez quem seja desagradável, um dia sinta na pele a necessidade de ter os outros em sintonia, em abraços mesmo que desconhecidos e saiba o que é a solidão.

Falo-te assim, porque também tenho passado maus momentos. E tenho tido a sorte de ter apoios.

Por outro lado tento ignorar comentários ofensivos, injustos, de quem me persegue. Cheguei a fechar os blogues. Mas não hei-de dar esse prazer a pessoas mesquinhas e mal formadas, frustradas e sei lá que mais.

Ainda hoje recebi um comentário , quase insultuosos, que não tenho aceite, mais por vergonha de conspurcar os meus espaços, do que propriamente pela diferença que me possam fazer. Porque contêm asneiras e eu DETESTO asneiras. Suporto tudo, menos falta de educação.

Por isto e por muito mais, que a tua vida dê a reviravolta necessária para voltares a sorrir, a brincar com os netos e a continuares por aqui. As tulipas são belas e preciosas pela sua raridade. E tu és uma. Melhor és mais do que uma tulipa. És a TULIPA!

1001 bjs

Nota: Não te esqueças de que: "O que falam de mim, não me diz respeito"

Força e não te deixes influenciar por "gentinha" medíocre. É o que eu tento fazer.
Até porque quem ri por último é quem ri melhor e quem nasce lagartixa nunca chega a jacaré!:-D

Justine disse...

Tulipa, vais ficar bem, vai passar este momento difícil e tenho a certeza que irão aparecer muitos mais momentos perfeitos (ou quase perfeitos, que já é bom) na tua vida.
Um abraço de força para ti:))

Gui disse...

Minha amiga, por motivos profissionais e de saúde da minha mãe, tenho andado afastado há muito tempo destas lides. Venho aqui num pulinho e não dá para visitar todas as minhas amaigas. Peço desde já desculpa poer essa ausência.
Foi com tristeza que li este teu post e verifiquei a tristeza que te invade. Fiquei ainda a saber que tens tido problemas de saúde que, espero, estejam já ultrapassados. Espero ainda poder retomar a minha actividade bloguista com maior regularidade denntro em breve. Desejo-te muita saúde e quero que saibas que tens em mim um amigo. Um beijo.

maresia_mar disse...

olá

pois na vida temos que saber tirar proveito tanto das coisas boas como das más, nada acontece por acaso. Eu sei que nem sempre é fácil darmos a volta, mas há que tentar. Pensar positivo é sempre o melhor. Eu, e por regra até sou muito positiva, mas também tenho aqueles momentos em que a terra parece fugir debaixo dos pés!
As melhoras e pensa que amanhã será melhor!
Uma boa semana, de preferência com sol, já que aqui no norte parece que ele foi de férias!
Beijos

Mocho Falante disse...

Amiga Tulipa

desejo do fundo do coração que melhores rapidamente, quanto a comentários, deixa, palavras leva-as o vento, eu também sofri o embtate de comentários quando escrevi um post sobre bullying, no meio dos comentários de apoio recebi dois (anónimos, que cobardia)que me acusavam de coisas que de facto eu não sou, claro que tais palavras saíram directamente de uma cabeça perversa lá do emprego, fiquei abalado na altura, mas depois pensei olha que realmente como vou preocupar-me com palavras de quem escreve de forma anónima, e a vida seguiu, por isso querida Tulipa daqui vai um sorriso cheio de boas energias e que recuperes rapidamente

OM SHANTI

Maripa disse...

Querida Tulipa, do coração te desejo que estes momentos maus se vão e não voltem.
Em primeiro lugar está a saúde.Cuida-te bem para que a recuperação seja total.Quando já estiveres boa,brincarás com os netinhos. Tudo a seu tempo para não teres uma recaída.

Quanto ao comentário,ignora-o simplesmente.Esquece.

Sê positiva,sim,pois só te ajuda a superar os momentos maus e a fortalecer o ânimo, que tantas vezes precisamos, para ultrapassar os dias menos bons.

"Amanhâ será outro dia".

Força e coragem! Um abraço.

gaivota disse...

deixa lá esse "MAU"... haja bom presságio!
e como já recomendei, espero que tenhas boas melhoras, sem rapidez, mas muito seguras, que isso de pneumonia não é de brincar, e uma recaída é sempre mau...
beijinhos grandes

Osvaldo disse...

Olá Tulipa;

Sabes que os teus verdadeiros amigos estarão, mesmo longe, sempre por perto...

Tenho certeza que com a ajuda deles e d'Ele, a recuperação será rápida e em breve estarás netre os teus amigos, que são bons e leais.

bjs, Tulipa.
Osvaldo

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Avó Tulipa,

Já sei..ontem foi para esquecer! filas de gente...funcionários que parecem que estão a fazer-nos um grande favor por nos estarem a atender...(afinal somos nós todos, que lhes estamos a pagar o ordenado...) empurrões, sentimo-nos "menos gente... e mais bicho" tristeza, saudade do dia 25Abril74, não foi para isto que aqueles arrojados capitães o fizeram...mas enfim a vida é mesmo feita de ilusão! e quando acordamos...paciência já passou. Há que respirar fundo e caminhar e entregar esse MAU dia para desconto dos nossos pecados...acredita, temos mesmo que oferecer tudo, mas tudo a DEUS nosso Pai e Ele lá vai fazendo a contabilidade e nós lá vamos, conforme os nossos procedimentos, consoante o que nos vai aparecendo no dia a dia, pois...dizia eu, ELE vai somando na nossa conta bancária do Céu, dividendos que nos irão possibilitar ou não... cada vez mais chegarmos a ELE.

Com muito muito carinho desejo-lhe muito ânimo e força...e não pense, não se sinta inferior a ninguém só por ter uma carta para entregar no Desemprego!
Força Avó, as Tulipas florescem todos os anos...vá, lá, agora até já existem estufas e já estão sempre a florir.
Um forte abraço que espero consiga receber toda a força que DEUS nosso Pai tem para lhe dar.
Mer

mixtu disse...

as melhoras...

a blog... é post e comentarios
eu só apago os coments que dizem: obrigado pela visita...
é que não visito ninguem...

abrazos serranos

Lilá(s) disse...

Amiga o sol vai nascer sempre lindo...agora é só uma questäo de tempo e tudo voltará ao normal.
Melhoras rápidas.
Bjs

Marlene Maravilha disse...

Querida,
Nao te pertubes com estes comentários indesejados. Deus se importa contigo, te guarda, te faz feliz, e no mundo temos mesmo aflicoes. O melhor de tudo é que assim como Jesus venceu o mundo, podemos vencer todas elas; sem sombra de dúvida é o que pensa aquele que vive pela fé, acreditanto que Deus só nos dá aquilo que podemos suportar e ele é valente e poderoso para nao deixar que caiamos e fiquemos prostrados. Entao, caminhes mesmo para a vitória e nem respondas mais a este tipo de comentários e nem o valorizes. Acho entretanto, que te fez muito bem lavares a alma!
Deus te abencoe. Contes comigo e com muita fé e alegria para dar-te a forca que precisares. (este teclado alemao nao tem acentos)
"Se te mostrares frouxo no dia da angústia a tua forca será pequena." Prov. 24.10
"Aquele que me enviou está comigo, ele nunca me deixa só, porque eu faco sempre o que lhe agrada". Joao 8.29
Estamos sempre acompanhadas!!!!
Declaro a tua cura em nome de Jesus!
beijos

Agulheta disse...

Tulipa. Espero que estejas a restablecer em força,no meu blog,nem tenho andado muito,perdia alguns contactos que tinha,por motivos do PC avariar.Agora cada um sabe de si e nem sempre se agrada a terceiros,por regra sou positiva,mesmo que o coração sangre,mas nem todos somos iguais,sempre haverá direito a diferença.
Beijinho e melhoras

Ailime disse...

Amiga Túlipa,
Acredito que tivesse ficado magoada com esse comentário, porque todos temos o direito de nos expressarmos livremente.
Se não estamos tão bem porque não confessá-lo?
Os amigos da blogosfera deverão agir com respeito e espírito de entreajuda.
Só assim concebo estes espaços! Quem não gosta ou não aprecia não deverá comentar. Se o fizer deverá fazê-lo de uma forma construtiva, porque também se aprende muito nos contactos uns com os outros.
Quanto ao que se está a passar com a amiga, devo dizer-lhe que já tive alguns momentos menos bons na minha vida!
Deus tem-me fortalecido e com a Sua Divina ajuda, tenho ultrapassado algumas situações.
Peço-lhe que tenha confiança em Deus, porque Ele nunca nos deixa sós!
Deixo-lhe um grande beijinho fazendo votos para que tudo lhe corra da melhor maneira possível!
Tudo se vai resolver e ainda vai ver o nascer do sol por muitos e longos anos
Muita força.

Miosotis disse...

... apenas para lhe deixar um abraço de fraternidade...

Dizem os mais velhos 'adágios' bem acertados: 'depois de uma porta fechada, uma janela se abre'!
Que assim seja com sua vida!

Mel de Carvalho disse...

Tulipa,
sou pouco "blogueira". A minha vida profissional e pessoal não me permitem a tal interactividade de que fala e que, no fundo, no fundo, dá "corda" aos blogs para que não morram solitários.
Contudo existem aqueles que porque excelentes, volto sempre. E foi num deles que, acidentalmente a li.
E vim. E, em primeiro lugar quero-a felicitar pelo muito que fez/faz. Retomar estudos, certificar-se, desenvolver talentos, são, no meu entender, reveladores de uma personalidade positiva e dinâmica.
Depois, enquanto Socióloga do Trabalho: O desemprego pode ser a nossa "janela de oportunidades". Se desejar use o meu mail e trocaremos opiniões. Sinta-se à vontade.
Por fim: A blogoesfera fere! Se fere. Mas só fere se permitirmos...
E, como saberá por certo, sendo um adágio popular, "na cadeias e nos hospitais se vêm os amigos leais".

Dado isto, e porque ninguém está acima da doença, mas ninguém, e nunca se sabe em que momento não somos nós "a próxima vitima", releve e não se afecte. Seja quem for que o disse, certamente não meditou no impacto de um comentário desta natureza em alguém que vive momentos de dor (física ou outra) e, se me permite a sugestão, preserve para si e para aqueles que olha em olhos - e mesmo esses nos traem, lamentavelmente, tantas e tantas vezes -, questões mais delicadas.

Tome este comentário como de absoluta solidariedade. Convivo diariamente com a vida e a morte, com a doença - trabalho entre outras coisas, com idosos...

A vida é uma passagem. Breve, muito breve.

Um abraço amigo
Mel

Tozé Franco disse...

Olá Tulipa.
Espero que o pior já tenha passado.
Quanto ao que alguns escrevem, aplique-se a sabedoria popular; "Vozes de burro não chegam ao céu". Há pessoas que apenas sabem dizer mal. Coitadas.
Um abraço e dia 9 lá vou eu de barquito. Espero gostar.

Era uma vez um Girassol disse...

Querida flor, desejo-te rápidas melhoras, tudo de bom!!! Sim, o pior já passou, vais ver tornar a viver momentos perfeitos!
Quanto ao mau...deixa para lá, como dizem os brazucas.
Tenho andado à tona da água, por vezes engolindo muita, mas vou sobrevivendo neste mundinho cão, ouvindo por vezes coisas que julgamos surreais!!!!
Um xi-coração para ti, avó sensível e doce, os parabéns pelo dia que tivémos, perto ou longe dos nossos netos.
Beijinho desta flor

Paulo disse...

. querida Tulipa ,,,

entre o bom e o mau

permanece a essência

e após a tempestade

a bonança virá re.fazer os dias .

estou consigo, sempre .

. um beijo meu .
. um salutar fim de semana .

Laura disse...

Minha querida, também tive de por trancas à porta..e os meus amigos viram-se inundados de comentários tão feios, tudo para mim...expresso o amor de forma tão natural que..já me punham numa situação bem chata...Não digo que acabou, mas, manterei as trancas ainda por algum tempo...Porque as pessoas se não gostam do que escrevemos, não se afastam elas, de vez?... é a tal negatividade do mundo virtual, mas, nós podemos bem com eles ou elas...e os amigos apoiam-nos...Força, em frente é o cmainho..Beijinhos e as melhoras..laura.

Parapeito disse...

....São como um cristal,as palavras.
Algumas, um punhal,um incêndio.
Outras,orvalho apenas.

Eugénio De Andrade.
*
Pois é...as vezes até podemos sem querer expressar errado o que queremos dizer realmente...
Menina...mau mesmo foi estar tanto tempo sem dar aqui um saltinho :)
Sei que estás melhor e cheia de trabalho :)) Alguem me falou numa exposição de fotografia lá para o norte :)
E faz favor de ser feliz...e de continuares a ser assim brisa
freca...ou brisa mansa...e de nunca perderes o dom de te saber partilhar...poucos o conseguem verdadeiramente.
Um abraço ruim de bom****

Parapeito disse...

brisa freca...hummm...melhor mesmo brisa Fresca!!!
:))*

Maria Valadas disse...

Oh Tulipa... Fiquei emocionada com o teu desabafo, com quem estou solidária.

Concordo plenamente com tudo o que escreveste e... porque também eu passei por momentos muitos maus em relação a saúde,compreendo-te melhor que ninguém.

Quando regressei ( esperava não o fazer), os amigos blogueiros que me visitavam, esqueceram que eu existia, só porque estive 1 ano sem postar nada!
Continuei a escrever o que me vai na alma... e surgiram um a um... quase por medo a comentarem.

Revoltei-me, moderei comentários, ocultei os mesmos, por fim ...estão abertos,livres para escreverem o que quizerem.

Tens um coração de ouro, e lindo como um arco-íris... não te deixes abater por pessoas mesquinhas.

Sorri para a vida... que ela tmabém vai sorrir para ti!

Beijinhos... TULIPA linda!