sábado, 15 de maio de 2010

Ah querem uma luz melhor que a do sol!


Ah querem uma luz melhor que a do sol! (12-4-1919)
Ah querem uma luz melhor que a do sol!
Querem campos mais verdes que estes!
Querem flores mais belas que estas que vejo!
A mim este sol, estes campos, estas flores contentam-me.
Mas, se acaso me descontento,
O que quero é um sol mais sol que o sol,
O que quero é campos mais campos que estes prados,
O que quero é flores mais estas flores que estas flores
Tudo mais ideal do que é do mesmo modo e da mesma maneira!
Aquela coisa que está ali estava mais ali que ali está!
Sim, choro às vezes o corpo perfeito que não existe.
Mas o corpo perfeito é o corpo mais corpo que pode haver,
E o resto são os sonhos dos homens,
A miopia de quem vê pouco,
E o desejo de estar sentado de quem não sabe estar de pé.
Todo o cristianismo é um sonho de cadeiras.
E como a alma é aquilo que não aparece,
A alma mais perfeita é aquela que não apareça nunca
A alma que está feita com o corpo
O absoluto corpo das coisas,
A existência absolutamente real sem sombras nem erros
A coincidência exacta (e inteira) de uma coisa consigo mesma.
Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa
(foto minha)

20 comentários:

tulipa disse...

Captei esta foto no momento que soube que o Benfica era campeão, até os Céus ficaram de vermelho...

GarçaReal disse...

Realemente bela a foto.

o Pôr do sol é sempre belo, mesmo quando o benfica perde....

Bjgrande do lago e bom domingo

direitinho disse...

Foto e poema de rara beleza.
Estes dois temas se completam

Carlos Gonçalves disse...

Querida, passaste pelo meu cantinho, vim aqui conhecer o teu.
Não é necessário dizer-te do agrado da minha visita, tens sensibilidade e bom gosto, coisas raras hoje. Quando leres um pouco mais de mim, vais saber que adoro a natureza, as mulheres e a poesia, são o perfume que dá prazer à vida.
Gostei de estar contigo, prometo voltar, além disso somos vizinhos.
Um beijo de muito carinho, no desejo que tenhas um maravilhoso domingo.
Carlos
(Não sei o teu nome, mas uma coisa te digo não gosto de máscaras, de pseudónimos, passo a tratar-te por M. (quase todas as mulheres tem este nome).

Zé Povinho disse...

Bela foto. Outras cores exibia o sol da minha terra, mais avermelhado ao nascer e ao descer no horizonte, qual fogo ardente.
A coincidência exacta de uma coisa consigo mesma, é uma visão rara e é um momento para se fixar, num mundo de espelhos e de máscaras que obliteram o EU de cada indivíduo.
Abraço do Zé, habitante do Éden de Byron

Guida Rosa disse...

Qual o mistério discreto
dos versos poéticos,
que podem ser flamejantes
como os versos das paixões
ou suaves como a brisa,
para aqueles que leem
com os olhos do coração.
Nascem com a manhã,
ao nascer do sol,
onde tudo é claro.
São templo de luz bordada
no horizonte,
a bailar como só as fadas
conseguem fazer.
Nascem com a noite,
encantados
pelo passeio da lua,
e então simplesmente flutuam

Pelos caminhos da vida. disse...

Só agora pude vir aqui ver esse Sol maravilhoso, lindo, lindo, lindo.

Começou mais uma votação
para a Copa Blog, é a semi- final, agora não será por
voto e sim por comentário, cada comentário valerá um
voto e podem comentar à vontade.
Conto com vcs para chegar à final.
Essa votação vai até o dia 22 agora.
anamgs.blogspot.com

Esse é o link da Copa Blog:

http://dado.pag.zip.net/

O link está acessível no post atual do meu blog, por lá entra direto, obrigada.

beijooo.

Valéria Gomes disse...

Olá, querida!!!
Está lindo demais este post!
Desejo para ti muita saúde!
Minhas boas energias, estou mandando para ti.

Beijo de passarinho!!!

gaivota disse...

linda foto, cheia de sol, o astro rei que melhor lz nos oferfece!
beijinhos

Justine disse...

Gostei de recordar este poema. E a foto é belíssima!
Abraços

Mona Lisa disse...

Olá

Foto e poema soberbos e em perfeita sintonia.

Bjs.

heretico disse...

"o cristianismo como sonho de cadeiras ..." é uma afirmação de génio...

gostei de (re)ler o poema. aqui. nesta tão oportuna "oportunidade"

beijo

Fragmentos Betty Martins disse...

._________querida Tulipa




"O absoluto corpo das coisas,
A existência absolutamente real sem sombras nem erros"


__________como eu creio que assim seja!

...

a foto:

é o teu olhar
o teu sentir_________...

amei:)


///




____________///






beijO______ternO

Baby disse...

É próprio do Homem querer sempre mais e mais e é dessa insatisfação que nascem todas as artes.

A foto é belíssima e sê-lo-ia na mesma se o Benfica tovesse perdido...

Beijos.

Multiolhares disse...

Nada como um por de sol assim
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
belo,
parabens . . .
,
conchinhas
,
*

Mar Arável disse...

Boa memória

Quanto ao Benfica
é para continuar

Sofá Amarelo disse...

O Sol fornecerá a única forma de energia que vai crescer nos próximos anos! Bem dito, Sol!

Muitos beijinhos!!!

Odele Souza disse...

A foto está belíssima! Parabéns!.

OUTONO disse...

Obrigado grande amiga...pela partilha!