domingo, 22 de fevereiro de 2015

TÚMULOS IMPERIAIS DA DINASTIA NGUYEN


Ando absorvida com o meu projecto principal de 2015
Passar para fotolivro algumas das milhares de fotos que tenho, das viagens 
que faço pelo Mundo...estou no 4º fotolivro, todo ele dedicado ao Vietnam.
Continuando o passeio, os Túmulos Reais vão-se sucedendo. 
Estes espaços pensados para servirem como a última morada dos imperadores 
da Dinastia Nguyen são simplesmente imponentes e esmagadores e demonstram todo o 
poder (em vida e na morte) e megalomania daqueles que reinaram 
no Vietname nos séculos XIX e XX.


Túmulo do Imperador Khai Dinh

A última parte do complexo de Khai Dinh, na parte superior do túmulo 

Imperial, é o Palácio de Dinh Thien, onde podemos ver o sarcófago do Imperador. 

Este palácio do túmulo imperial é composto de várias salas adjacentes, onde 

o salão principal contém uma estátua do Imperador Khai Dinh sentado sobre 

o seu trono e a seus pés, o seu sarcófago. 

Curiosamente nesse dia, estava uma equipa de filmagens a rodar uns "takes"

Captei esta linda moça, no seu traje típico, pareceu-me ser a actriz principal

Aproveitavam as escadarias e todo o ambiente do exterior do palácio...



Os túmulos ficam nos arredores de Hué

Eram construídos, como o nome indica, para serem a “última morada” 

dos imperadores que reinaram em Hué, mas eram verdadeiros palácios, 

de modo que muitos chegaram a morar lá, ou ao menos 

passaram parte do tempo neles. 

No alto de uma escadaria chega-se a um palácio onde fica 

propriamente o túmulo e uma estátua do Imperador, 

todo decorado com elementos de porcelana colorida, 

que contrastam com o material escuro usado do lado de fora. 

...

Nas próximas imagens toda a área do túmulo de Tu Duc

 Depois do portão de entrada, vê-se logo um lago, com uma ilha no meio 

e uma construção de madeira na outra margem 

- Pavilhão Xung Khiem - 

usado para o lazer do imperador e suas concubinas

 (como disse acima, muitos usavam os mausoléus ainda em vida). 




é notória a preocupação com o bom aspecto para impressionar os turistas

e, não só, para manter o local bonito e aceitável

assim que vi o lago, reparei neste homem que andava num barquito a 

recolher os limos que vinham à superfície

na imagem seguinte, a bela ponte que temos que atravessar para 

ter acesso ao Pavilhão Xung Khiem



Toda a área envolvente ao túmulo de Tu Duc é um lugar pacífico de descanso 

Neste pavilhão com um lago e flores de lótus onde, em vida, o Imperador

pescava, ouvia música e escrevia poesia - (apetecia ali ficar...)

Junto aos túmulos havia sempre o pátio de cerimónias, 

com estátuas de pedra para protecção dos túmulos. 

Atendendo a esta pequena amostra de imagens, podem imaginar 

como estou muito entusiasmada com o meu fotolivro.



15 comentários:

Ailime disse...

Boa noite Amiga, simplesmente maravilhoso saber que já vai no seu quarto fotolivro.
Os meus Parabéns!
Pelas fotos magníficas que partilha posso imaginar que vai ser um sucesso!
É isso que lhe desejo e que se divirta o mais que puder nessas suas deslumbrantes viagens.
Obrigada pela visita. Fiquei muito feliz.
Beijinhos e tudo de bom.
Ailime

Ailime disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Crocheteando...momentos! disse...

Simplesmente maravilhoso!
Uma viagem que me daria muito gosto fazer!
Parabéns por partilhar suas viagens...uma vez que é sempre bom viajar através do seu olhar!!!
Bj amigo

João Menéres disse...

Alguns amigos diziam-me maravilhas do Vietnam, e ao apreciar estas fotos, estou certo que também iria deliciar-me !
Os meus parabéns, TULIPA !!!
Os FOTOLIVROS são pessoais ( edição de 1 único exemplar ) ?

Um beijo e que a saúde nunca falte para que esses projectos se possam ir concretizando.

Sofá Amarelo disse...

Se Momentos Perfeitos há, eles aqui estão bem exemplificados, com esta tua viagem ao outro lado do mundo, partilhando connosco os momentos inesquecíveis por que passaste.
A reportagem está completa e diversificada, este poderia ser um artigo para uma revista de viagens, faria todo o sentido, até porque o teu texto complementa bem as imagens... já agora não tens o número de telemóvel da menina de branco... por ela eu até iria ao último pagode...

Rafaela Gomes Corrêa disse...

Que imagens tão belas! Continue publicando estas fotos tão deslumbrantes, que nos instigam a passear e viajar pelo mundo.... Beijos dos seus amigos brasileiros, Rafaela e Marcio.

manuela baptista disse...

muito bom o seu projeto de fotolivro, que se concretize é o meu desejo

muito agradecida por todos os seus comentários e atenções

um beijinho, Túlipa

Duarte disse...

Bom trabalho, para tão belas fotografias.
Tenho andado atarefado mas aqui estou a ver-te, e contar-te-ei tudo o que sei dali. Vale a pena, é bonito, mas nesta época do ano não, faz muito frio. Quando vais?
Um grande abraço

Pérola disse...

Que lindas fotos.

Uma viagem por onde me gostaria de perder.

Beijinhos

Lilá(s) disse...

As fotos são sempre maravilhosas Ester!
Gosto dessa ideia do projecto de fotolivro! imagino o prazer que lhe está a dar.
Beijinhos

gota de vidro disse...



Como sempre fotos magnificas e um bom texto.

Dariam sim um livro magnifico

Bom fim de semana

Beijinho da gota

Graça Pereira disse...

Belíssimas fotos...viajei contigo!
Sempre pensei que devias seguir este caminho: publicar em livro todas as fotos maravilhosas colhidas por esse mundo!
Parabéns.
Um beijo
Graça

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelentes fotografias....
Cumprimentos

José Lopes disse...

Uma delícia de fotografias e um localsimplesmente exótico duma civilização pouco conhecida por cá...
Cumps

. intemporal . disse...

.

.

. belíssima página onde impera a orientalidade de um mundo desejadamente sacro .

. as fotografias demonstram inequivocamente a ancestral idade que no presente lhes conferem o título de postal ilustrado . de diversos postais ilustrados . que honram a história de um povo .

.

. quanto aos fotolivros . "é para avançar" . como se diz por aí . :) .

.

. um bom.domingo .

.

. um beijinho meu .

.

.