domingo, 12 de abril de 2015

PICOS DA EUROPA - FUENTE DÉ



Um novo ano... 2015
há muito que sonhava visitar os "Picos da Europa"
ouvia cada história que me assustava
mas, decidi...enfrentar o medo e aventurar-me na realização do meu sonho!

Há exemplos de pessoas que não deixam esse factor ser maior do que a vontade de conseguir o que desejam.
Tentar livrar-se do medo quando este é inevitável pode ser um grande bloqueio para o seu avanço. Ao invés de gastar as minhas energias e tempo nessa tentativa, decidi aceitar o meu medo. 
Levei-o no caminho para o meu sonho
fui no teleférico de olhos bem fechados
ouvia os comentários das pessoas que iam ao meu lado
aprendi a ser superior ao medo, tomei o controle das minhas emoções e decisões. Quando desci aqueles 800 e tal metros, já vim de olhos bem abertos.
Fiquei tão feliz por ter ultrapassado outro dos meus medos!!!



Os Picos de Europa são uma formação montanhosa na Cordilheira Cantábrica, ao norte da Espanha.

Esta formação calcária estende-se pelas Astúrias, Cantábria e Castela e Leão, destacando-se pelas suas altitudes, em muitos casos acima dos 2500 metros, pelo próximo que estão do mar Cantábrico, já que no seu ponto mais setentrional distanciam-se apenas 15 quilómetros da costa. 

Geograficamente, os Picos de Europa encontram-se na linha da Cordilheira Cantábrica sendo, no entanto, considerados como uma unidade independente desta, já que a sua formação aparenta ser mais recente. 
Os Picos de Europa dividem-se em três grandes maciços: O Ocidental ou Cornión, o Central ou dos Urrieles, e o Oriental ou de Ándara. 




Os Picos de Europa tem acidentes geográficos de grande interesse geológico e paisagístico, perfeito para quem é apaixonado pela fotografia de paisagem natural. 

Esta gigante formação calcária destaca-se pela beleza dos seus contrastes, com o verde da floresta a irromper pelas encostas brancas das majestosas paredes calcárias. 

Uma viagem às Astúrias e à Cantábria é bem mais do que uma imersão num inestimável património natural de que é ex-líbris a cordilheira dos Picos da Europa. 

Como ponto alto do passeio foi a subida de teleférico em Fuente Dé. 



23 comentários:

tulipa disse...


O maciço ocidental foi declarado Parque Nacional em 22 de julho de 1918 por Afonso XII
com o nome de Parque Nacional de la Montaña de Covadonga,
sendo o primeiro espaço protegido do país.

Inicialmente compreendia 16.925 ha, até que em 30 de maio de 1995 a sua área foi aumentada para os 64.660 hectares actuais.

Em 9 de julho de 2003 a Unesco aprovou a proposta que o converte em Reserva da biosfera.

tulipa disse...


Muito aconselhável é o percurso
pela comarca de Liébana até Fuente Dé, onde se situa o teleférico
que deixa os viajantes quase mil metros acima, numa paisagem de fragas abruptas cobertas de neve, e de onde se goza uma vista soberba sobre os vales vizinhos.

Caminhe acima das nuvens ou por entre aldeias de granito, por entre prados e falésias.
Este trekking, acessível a todos os que gostam de caminhar, leva-o por uma surpreendente diversidade de paisagens.
Percorremos a montanha passando não só pelos seus ícones como também por alguns locais menos frequentados.

João Menéres disse...

Tiveste sorte com o tempo, Ester !
Já lá fui duas vezes.
Na primeira, ficámos no Parador na Passagem de Ano.
O tempo estava péssimo.
Na manhã seguinte, o director perguntou-nos se não preferiríamos desistir das marcações e procurar outros locais onde o tempo estivesse melhor.
Foi o que fizemos.

Da 2ª vez,a sorte já não nos abandonou totalmente.
Mesmo assim, nunca vi Sol !...

tulipa disse...

OBRIGADO JOÃO pelo comentário.

SIM, eu sei.
Sou abençoada nas minhas viagens
Tive mesmo muita sorte com o tempo, nem um vento soprou!

Foi a minha 1ª vez,
ouvi dizer que por vezes nem o teleférico funciona,
porque o vento, a chuva ou a neblina não deixam
torna-se perigoso;

Tive um céu completamente azul
muita visibilidade

O Sol brilhava e aquecia...

lino disse...

Estive lá há 2 anos mas apanhei uma carga de água e o fim de uma escalada pelo que estive 1H30 à espera de descer.
Beijinho

Crocheteando...momentos! disse...

Bem amiga...deve ter sido emocionante pois a paisagem é de "perder a respiração"! Bj amigo

Sofá Amarelo disse...

Mais do que Picos da Europa estes são picos perfeitos e as tuas fotografias são o exemplo provado que para apreciar uma paisagem destas só através de um olhar especial através de uma lente especial... há aqui nestas fotos muito da alma de quem as fez. Parabéns :-)

Fernando Santos (Chana) disse...

Belas fotografias de grandes paisagens....
Cumprimentos

rendadebilros disse...

Bem haja pelas suas palavras. Fantástica esta sua reportagem de belíssimas paisagens. Espero que se sinta então renovada e em paz , com muita saúde. Vamos lá a ver se retomamos estas nossas visitas mútuas aos blogues. Beijinhos.

Graça Pires disse...

Os Picos da Europa são uma beleza. Também já la estive e conheço bem Fuente Dé. Foi bom recordar com as imagens aqui publicadas. Um beijo.

Zé Povinho disse...

Uma boa oportunidade para registar as imagens que bem ilustram o texto, e a aventura...
Abraço do Zé

gota de vidro disse...


Olá amiga

Obrigada pela visita.
Realmente volta e meia precisamos afastarmo-nos do nosso dia a dia para recarregar bacterias.

Parabéns pelas magnificas fotos que aqui partilhas assim como os textos ilucudativos .

Gostei imenso. Também já viajei muito e sei bem como faz bem à alma.

Um bom domingo

Beijinhos da Gota

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Maravilhoso. Fotos muito belas que nos acendem o desejo de visitar essas paisagens.

Rafaela Gomes Corrêa disse...

Lindo local! Fotos belíssimas!
Beijos do Brasil, Rafaela e Marcio.

Ailime disse...

Boa tarde Ester,
Demorei, mas aqui estou!
Que paisagens maravilhosas!
Faz muito bem em perseguir os seus sonhos e o medo vence-se enfrentando-o!
Admiro-a muito por não desistir dos seus objectivos e ir sempre em frente!
Continuação de bons passeios!
Beijinhos,
Ailime

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, ultrapassou o medo mas desfrutar da linda paisagem que nos faz pensar na força da natureza.
As fotos são excelentes.
AG

DE-PROPOSITO disse...

E aqui estive deliciando-me com as fotos.

Felicidades
MANUEL

tulipa disse...

BOM FIM DE SEMANA (grande)

3 dias de fim de semana

OBRIGADO A TODOS os que vieram visitar-me
Prometo em breve, trazer-vos mais fotos destes lugares belíssimos

Que paisagens maravilhosas!

Continuarei sempre
a perseguir os meus sonhos
desde que Deus me acompanhe.

Beijinhos

Duarte disse...

Há alguns anos que por lá não vou, mas gosto imenso desses sítios.
Passaste por Santa Maria del Naranco e San Miguel de Lillo? São do pré-romano puro.
Se foste feliz, isso é o que mais importa!
Um grande abraço e cuida-te.

Duarte disse...

Há alguns anos que por lá não vou, mas gosto imenso desses sítios.
Passaste por Santa Maria del Naranco e San Miguel de Lillo? São do pré-romano puro.
Se foste feliz, isso é o que mais importa!
Um grande abraço e cuida-te.

victoria disse...

Gracias Tulipa por dejar tu cariñoso comentario en mi blog e invitarme a los tuyos,,Ya lo estoy haciendo y la Naturaleza,,el cariño y el amor que transmites en ellos me gusta

Besitos mi niña

Manuel Luis disse...

Já conheces uma pessoa que nunca viu neve assim de perto. Obrigado pelos arrepios que me causaste.
Bj

Ana Simões disse...

Este foi um tema das nossas conversas. e se bem te recordas, sempre te dei força e te disse que a subida ou descida era maravilhosa e que irias adorar. Estou muito feliz por ti, não apenas porque realizaste mais um sonho e a vida é isso mesmo... feliz de quem nunca perde a noção de sonhar e tem coragem de correr atrás dos mesmos. E fiquei muito feliz por saber que enfrentas-te esse receio. É tão bom, falo por mim cada ser é único... quando enfrentamos e superamos os nossos medos.
Quanto à reportagem ( como lhe chamo quase sempre, carinhosamente ) está uma delicia e eu, que ao contrario de Oviedo, este lugar conheço bem, pois já lá estive diversas vezes... senti-me de novo lá. Senti a brisa bem fresca no cimo de Fuente Dé, revivi o medo que senti da primeira vez que coloquei os pés no mirador onde te encontras com a tua amiga. É que o Artur e os miúdos 8 na altura miúdos ) foram para o gradeamento e eu tb.. mas as pernas tremiam-me rss Este lugar é belo, muito belo. Obrigada por mo fazeres recordar. Beijinho e felicidades. continua a realizar sonhos.
SEMPRE!!