quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

PONTE SOBRE A BARRINHA





PRIMEIRO POST de 2020

para mim é um post de AFECTOS

daí que o tenha escolhido para começar o novo ano! 

Todos sabem que adoro VIAJAR - passear, 

visitar lugares novos e, que normalmente o faço sozinha! 

Fico muito mais FELIZ 

se o fizer na companhia de pessoas que gosto. 

Foi o que aconteceu aqui, na minha visita a ESMORIZ 

Fui acarinhada, as pessoas deram horas do "seu tempo" 

para estar comigo, acompanhar-me e mostrar-me o que 

eu já levava na ideia ver, embora tivesse visto as 

"namoradeiras" que nem sonhava que existiam. 

Na primeira imagem é o "lema" que vou usar para 2020, 

nesta segunda foto, eu já no interior da "namoradeira" 

capto o MAR, que tanto gosto, 

ao fundo, A LINHA DO HORIZONTE







andavamos nós duas e um senhor sozinho de bicicleta, 

olhei para ele pensando: seria bom se fizesse uma foto de nós 

duas, mas caladinha, achei que não devia incomodar o senhor, 

só que ele "leu-me o  pensamento" e ofereceu-se...

Boa, disse logo que sim 

e aqui está a foto para mais tarde recordar






cá estou eu junto à "namoradeira" 

tenho o pé assente numa pedra enorme 

onde está incrustado um coração, que se pode 

ver melhor na imagem seguinte, bem como uma imagem 

de NªSrª num outro trabalho da artesã "Bem Lérias"






e, falei de afectos porque no final do dia anterior 

tinha estado na "Praia do Furadouro" onde captei uma 

foto da força do Mar... sozinha, o vento forte empurrava-me 

e uma tempestade presente naquele Mar bravo

assustava qualquer pessoa, mas a vontade de estar 

naquele lugar era maior e ali fiquei clicando, 

congelei é verdade, mas deu-me um gostinho especial, 

pois ali é a terra da minha Família materna, onde eu estive 

com a minha Mãe tinha eu 9 anos e nunca mais lá voltei 

com ela, infelizmente!




continuando o meu passeio em ESMORIZ 

depois fui com o meu Afilhado até à zona dos passadiços

eu já levava na ideia ver...e, concretizei esse desejo.








àquela hora não havia quase ninguém

duas ou três pessoas apenas

durante a caminhada conversámos, ele ia 

explicando algumas coisas novas para mim...




pedi-lhe que fizesse uma foto minha, 

no cimo do passadiço, para mais tarde, 

recordar estes belos momentos!



14 comentários:

tulipa disse...


Lérias uma promessa na azulejaria

Formada no CEARTE de Aveiro No CEARTE – Centro de Formação Profissional do Artesanato / Aveiro, terminou, recentemente, mais um curso de pintura de azulejos. Dos treze formandos que o concluíram, o destaque vai para a jovem artista Lérias, de Esmoriz.

O formador dos cursos de cerâmica artística do CEARTE, Fernando José, referiu que, neste curso, “apareceu, como sempre, gente muito capaz, mas onde a Lérias realmente se destacou, porque, para além de ser capaz, é realmente portentosa. Há muitos anos que não encontrava, na pintura de azulejos, ninguém com o talento, a capacidade e a sensibilidade artística e tudo aquilo que um artista deve ter para ser um talento e um valor nacional na azulejaria”.

Por isso, o formador considera que esta jovem artista
“tem todas as condições para se afirmar no mercado da azulejaria»,
chamando, no entanto, a atenção dos industriais e dos arquitectos para que “repensem as suas posições em relação à azulejaria”.

Quanto aos painéis concebidos pela Lérias, eles “não são os clássicos.
Têm linguagens do nosso quotidiano, cenas completamente diversificadas, que ficarão bem em muitos interiores de qualquer casa, por muito moderna que seja”.

Para além dos painéis, Lérias executa séries individuais de azulejos,
com as tradicionais medidas de 15 por 15, feitos pelo antigo processo de estampilha, que, de acordo com Fernando José, “são execuções primorosas que hoje quase ninguém faz”.
A colecção é, neste momento, composta por oito azulejos, todos com temáticas relacionadas com a faixa costeira de Esmoriz ao Furadouro.

Sobre a temática dos seus painéis, Lérias realça:
“Pretendo fazer uma abordagem abrangente de tudo o que gosto.
Das minhas raízes de Esmoriz, como o mar e a pesca; mas tento ir à arte em geral e aos vários tipos de arte. Ao nível da azulejaria, acho que essas várias artes não estão bem desenvolvidas; parece que se parou um pouco no tempo e não se desenvolveu no que existe agora de arte, que é arte contemporânea, ou como foi a arte pop, em que parece que ninguém apostou ao nível da azulejaria. Tento abranger, até porque o azulejo é uma coisa que dá para brincar um bocadinho em termos de arte”.

tulipa disse...


Esmoriz vai ter “namoradeiras” para piscar o olho ao mar

E que tal olhar tranquilamente o mar, namorar com ele,
conversar, ler o jornal ou simplesmente relaxar?

É a pensar em quem gosta de contemplar o mar e a linha do horizonte que a Junta de Freguesia de Esmoriz instalou no verão duas “namoradeiras”
sobre as rochas que protegem a orla costeira da agressividade das ondas e impedem uma visão direta das ondas.

São construções de madeira inspiradas nas “namoradeiras” presentes
nas casas senhoriais ou das ex-colónias, onde as senhoras se sentavam ou debruçavam para apreciar quem passava na rua.
Foram concebidas em forma de palheiro, construção típica de algumas zonas piscatórias, que, embora em número reduzido, ainda se pode constatar na paisagem da Praia de Esmoriz.

“Temos 1.800 metros de magnífica costa,
mas o campo de visão da cidade para o mar é muito limitado, por causa da proteção pesada ao longo da faixa costeira e vamos criar três ou quatro miradouros para relaxar e contemplar o mar”,
explicou o presidente da Junta de Esmoriz.

Numa primeira fase serão colocadas duas “namoradeiras”,
uma no local onde se realiza a cerimónia da bênção do mar,
durante a procissão de Nosso Senhor dos Aflitos e Nossa Senhora da Boa Viagem, e uma segunda, mais a sul, próximo da chamada lota.

E, daí, vai ser mais fácil olhar o mar, ouvi-lo,
quiçá namorar ao som das ondas a beijar os rochedos.

chica disse...

Cheguei até o final do post com o queixo caído de tantas lindas fotos, que encantam e fazem muito bem ver! ADOREI! beijos, chica

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de paz, querida amiga Tulipa!
Gostei de ver as namoradeiras.
Muito românticas e num cenário encantador
Adorei vê-la numa, fotografada.
Tenha dias felizes!
Bjm carinhoso e fraterno

Pedro Coimbra disse...

Um passeio cinco estrelas.
Bjs, bfds

Cidália Ferreira disse...

Gostei da postagem! :)
-
Não te quero perder do pensamento.
Beijo e um excelente fim de semana!

Sofá Amarelo disse...

"Enquanto houver passadiço para andar...", parafraseando a canção de Jorge Palma, poderia ser o título deste post, à mistura com afectos, viagens, curiosidades e muitos horizontes. Aliás, os primeiros enquadramentos estão sublimes, respeitando todas as regras fotográficas e do bom gosto.

Depois a força do mar do Norte e informação útil e adequada. E mais aquela ponte que eu diria não ser em Portugal. Mas é, e ainda bem que mostras que em Portugal temos tudo tão bom ou melhor que outros países.

Aquelas plumas faz-me lembrar a vegetação da Lagoa de Albufeira, que fotografei há uns anos, e o passadiço seguinte daria outra excelente capa de livro, deixando até espaço para escrever o título e o nome do autor. Acho que também funcionaria bem a preto e branco.

Um bom post para começar o Ano. Parabéns e boa continuação.

Ana Freire disse...

Confesso que não conheço Esmoriz... pelo que foi um gosto imenso, poder fazê-lo através das suas magníficas imagens, Tulipa!
Finalmente começando a passar pelos seus cantinhos de novo, aos poucos na medida da minha disponibilidade!... Aproveitando para desde já lhe desejar, com algum atraso, um óptimo 2020, com muita saúde, muitas alegrias... e fantásticos destinos para descobrir... e que lhe proporcionem muitos e bons momentos fotográficos, como estes, com que nos brinda, Tulipa!... Tenho andado ausente da Net... Dezembro é sempre aquele mês de azáfama natalícia, no meu caso, dividida com um problema de alergia a medicação, possivelmente, da minha mãe... e entre consultas de acompanhamento, a par de outros afazeres... a minha disponibilidade, para andar pela net, tem-se ressentido... veremos como tudo evolui nos próximos dias... está melhor... mas acho que ainda haverá necessidade de fazer exames complementares, para determinar a causa... pode ser de um medicamento... dois... ou da combinação de vários... uns poderão ser substituídos... outros talvez não... pois são para patologias crónicas... logo se verá ao longos deste mês, certamente com exames mais específicos...
Hoje comecei por este cantinho... e à medida que o meu tempo o permitir passarei pelos demais...
Beijinhos! Bom ano, com muita saúde, essencialmente, que tudo o mais, lá vai surgindo por acréscimo... de uma forma ou de outra...
Ana

CÉU disse...

E deve estar tanto frio em Esmoriz, Tulipa, contudo a vontade de viajar e voltar à terra da sua família materna e onde foi tão feliz com a sua mãe qdo tinha nove anos, superou tudo isso.
É uma mulher valente e determinada.

Parabéns pelas esplêndidas fotos.

Beijinhos e Bom Ano Novo, viajando.

Graça Pires disse...

Fotografias lindas e decisões bem tomadas…
Uma boa semana.
Um beijo.

Minas cap disse...

Achei este conteúdo interessante e compartilhei em meu facebook.
Bismaxon gravacoes

chica disse...

Tulipa, Vim avisar que acaba de entrar lá foto tua! Obrigadão! Podes ver aqui:
https://maresdachica.blogspot.com/2020/02/blog-post.html

beijos, lindo fevereiro! chica

Ana Simões disse...

Um excelente pensamento e lema para iniciar um ano, que é sempre um marco de mudança.

Não conhecia a existência das "namoradeiras" mas faz sentido... com o mar a perder de vista num abrigo tão bonito.
Adorei as fotos todas mas a do mar estrondoso está fantástica.
Beijinho e bom 2020.

Kim She nee disse...

Many Thanks for the shared this informative and interesting post with me.
Surviv io 2020 | Agar io 2020|Wormax io 2020|ZombsRoyale io 2020|Evowars io|slither apk mod