quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

PENICHE - NAMORO O MAR

Depois do sucesso do post anterior, que agradeço a todos vós, pois em 3 dias passei de 100 seguidores a 105...aqui vos mostro (como tinha prometido) o meu “namoro com o mar”, tal como tinha dito que aconteceu no outro fim de semana, em Peniche.
Aproveito para divulgar alguém que por acaso descobri, quando procurava um poema para juntar às minhas duas fotos e aqui vos apresento:
Carlos Sérgio Ferreira - que escreveu sobre si mesmo:
Nasci em Luanda. Filho de Pai advogado e Mãe professora. Tenho 12 livros publicados [dez de poemas, um de crónicas, outro de cartas e letras de canções]. Jornalista de rádio durante 21 anos, jornalista da acessoria de imprensa do Presidente da Republica, função que deixei para ser escritor a tempo inteiro.
Ex-Director de Programas da Rádio Nacional de Angola.
Neste momento vivo seis meses em Angola, e outros seis em Portugal.
Preparo uma antologia de 25 anos de poesia.


Namoro o mar
engulo o vento o pó a areia fina até os pingos de água salgada
[já os confundo comigo]
também o meu rosto é salgado e só o mar me entende
hoje não vagas
hoje não há calemas
tranquilo e calmo - o mar
é tão fácil a gente se afogar.
In 'NAMORO O MAR',
Luanda, 1996,
Editora Jango



(Fotos minhas e texto da net)

18 comentários:

direitinho disse...

Namoro perfeito
A tua paixão entra pelos olhos, a boca, os pulmões e deixa-nos misturados numa atmosfera única.
Como seriamos felizes se pudéssemos agarrar para sempre estas sensações.

Teresa disse...

Depois de levar o saquinho das flores, levo também daqui esta indicação de um poeta lusófono, de que irei com certeza ler e apreciar mais obras.
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
Peniche, amigo . . .
,
conchinhas,
,
*

Fragmentos Betty Martins disse...

.________querida Tulipa




de facto o mar é fonte inspiradora___________excelente escolha


belíssimo poema



.obrigada pela partilha pois não conhecia Carlos Sérgio Ferreira



:))






________________///






beijO_______ternO

Luis F disse...

Amiga um excelente texto, onde as palavras transportam em si a calma e a inspiração do poeta...

Obrigado pela partilha

Bjs
Luis

Ana disse...

Namorar o (a)mar.

Belas fotos e poema .Parabéns !
Um beijinho.

anad disse...

É sempre bom vir ao seu blogue, aprendo. Aprendemos sempre uns com os outros.
Bom fim de semana
Anad

Maria, Simplesmente disse...

Tulipa, que belas fotografias do mar!
Bom domingo
Maria

João Videira Santos disse...

Das palavras e das fotos, são imensos os horizontes que se rasgam...

antónio paiva disse...

...

amo o mar!

abraço.

O Guardião disse...

O mar é uma fonte de inspiração e um regalo para a vista. Boas escolhas.
Abraço do Zé

Lilá(s) disse...

Sempre que posso também eu namoro o mar , e sinto-me tão bem...
Bjs

Poemas e Cotidiano disse...

Querida Tulipa!
Que lindo esta o seu blog com essas fotos maravilhosas! Sempre encontro aqui uma suavidade, uma ternura, uma paz.

Um beijo carinhoso
MARY

PS: Estou com gripe! :-(

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Tulipa, belas fotografias...Espectacular....
Beijos

Bichodeconta disse...

A foto é de uma extrema beleza, Peniche é por sí um convite ao passeio, ao reparar na beleza das paisagens..Tenho fotos lindas , uma delas premiada feita em Peniche..O poema minha querida é simplesmente divino, parabéns..Sabes , também eu tenho uma relação avassaladora e por vezes incompreensivel com o mar.. Da pessoa que falas, fica-me a vontade de poder fazer isso, viver seis meses em Angola, e os outros seis, por aí.. Um beijinho da Ell

rascunhos disse...

Muito interessante este blogue. Vou segui-lo e passar mais vezes.
Cpts

Maria disse...

Querida Tulipa,

Há quem escreva poesia e faça sonhar com o que pincela nas palavras... mas, tu escreves poesia com o olhar. Captas com DOM
a maravilha deste planeta que anda tão atribulado.

Desculpa esta minha ausência, mas no mês de Fevereiro foi de angustia
à espera de fazer exames médicos.

Por enquanto, está tudo bem e eis-me aqui a visitar com alegria os meus blogues preferidos.

Beijos com carinho,

Maria Valadas

O Guardião disse...

Passei para deixar um cumprimento especial neste Dia da Mulher, que pode ser todos os dias.
Cumps