segunda-feira, 25 de abril de 2011

QUINTA DA FIDALGA - SEIXAL



QUINTA DA FIDALGA
A Quinta da Fidalga, cuja fundação remonta ao século XV, teve sempre funções agrícolas e de lazer, surgindo associada a PAULO DA GAMA, irmão de VASCO DA GAMA, o qual se teria fixado nas terras do Seixal para assistir à construção de caravelas destinadas à descoberta do caminho marítimo para a Índia.
Já no século XVIII, destacava-se pelos seus excelentes pomares de citrinos, com ruas cobertas de árvores silvestres e parreiras postas em latadas e pelo seu sofisticado sistema de rega.
Distingue-se também pelo magnífico Lago de Maré, que constitui um monumento raro ou quase único na arquitectura hidráulica portuguesa.
Possui ainda uma capela que foi integrada no palacete em meados do século XX, em substituição de outra mais antiga. As paredes interiores do actual templo estão revestidas de azulejos do século XVIII e de reproduções também deste período.




Em 1952, o palacete e os arruamentos da Quinta tiveram intervenções arquitectónicas dirigidas pelo Arquitecto Raul Lino, tendo distribuído azulejos, de várias épocas, nomeadamente hispano-árabes, por vários pontos da propriedade.
A Quinta da Fidalga é propriedade da CÂMARA MUNICIPAL DO SEIXAL desde 2001, e, de entre os vários projectos previstos para este espaço, destaca-se o CENTRO INTERNACIONAL DE MEDALHA CONTEMPORÂNEA do Seixal.
Horários de Inverno (Outubro-Abril):
Terça-feira a domingo, das 10.15 às 17.45 horas
Horários de Verão (Maio-Setembro):
Terça-feira a domingo, das 10.15 às 19.45 horas
Encerramento: segunda-feira




Antiga quinta de recreio, em tempos pertencente à família de VASCO DA GAMA, é um excelente exemplar de jardim histórico do CONCELHO DO SEIXAL. Na quinta, para além dos pomares, jardins e mata, destaca-se um notável ex-libris - o lago de marés ou viveiro de peixes de água salgada.

11 comentários:

Graça Pereira disse...

Tulipinha
Interessante esta crónica sobre um espaço talvez muito pouco divulgado, o que é pena, pela sua beleza e valor material e histórico!
Obrigada por nos dares a conhecer este nosso Portugal que parece um guarda jóias...comtantas boas surpresas.
Beijo e boa semana!
Graça

tulipa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tulipa disse...

Da parte da tarde, estava planeada também uma visita à "QUINTA DA FIDALGA", nunca tinha ouvido falar nesse nome, nem sabia o que era.

Mais uma vez falarei da IMPORTÂNCIA DA DIVULGAÇÃO, e aqui estou a DIVULGAR porque a DIVULGAÇÃO é muito importante, no meu ponto de vista.

Esta quinta aberta ao publico, com visitas gratuitas todos os dias,pode usufruir de jardins,sombras e conhecer espécies raras de plantas e flores, percorrer corredores ladeados de flores e descansar em bancos de lindos paineis de azulejo.
Há ainda várias obras de arte que pode conhecer,tudo isto está a disposição de todos devido ao esforço da Câmara Municipal do Seixal em prol de toda a população.

Lilá(s) disse...

Conheço bem, está aberta sempre aos fins de semana e vou até lá muitas vezes, principalmente agora na Primavera fazem-se lá bons passeios.
Bjs

mfc disse...

Que lindas imagens... apetece mesmo lá ir!

mfc disse...

Olá

Faça a rubrica como mais lhe agradar. É um prazer que até adopte o nome que adoptei para as minhas!
Acredite... é um prazer que me dá!
Beijinhos.

Mar Arável disse...

Este espaço público tem olhos postos

na baía natural do Seixal

Belo

Nilson Barcelli disse...

Interessante e muito boa esta tua divulgação.
Gostei de ver/ler a tua "reportagem"...
Beijos.

Jorge disse...

Continuo a visitar este blog porque o acho instrutivo. Gosto mesmo. Li o seu desabafo no "Pé de Meia" que sigo e concordo. Às vezes apetece parar. Eu próprio não abuso dos comentários porque, sendo alguns tão banais como são sempre os que eu faço, retraio-me muito nisso. Mas, sem dúvida, os comentários que nos fazem ao que colocamos no blog, sabem sempre bem e são uma maneira de as pessoas dizerem: "olha , estive aqui!" Felicidades!

A Natureza ensina... disse...

Olá! Tal como já tive oportunidade de lhe dizer anteriormente acho este seu Blog muito interessante. No caso deste artigo é dupla a satisfação com que o leio! ;)
Muito obrigada por nos presentear com estas imagens e estes textos!
Um grande beijinho!
Sofia

Ana Simões disse...

Há sempre um cantinho desconhecido que espera por nós.. Desconheço este lugar, pleno de historia, arte cultura e beleza.
Quem sabe um dia o vou visitar...
Muito instrutivo o texto e lindíssimas as fotos!!!!
Continua!!!
Beijinho