sexta-feira, 24 de agosto de 2012

BARCOS NO DOURO


Nestas imagens as "margens do Porto e de Gaia"

ficam enriquecidas com a enorme quantidade e variedade

de barcos acostados à espera de passageiros

para os passeios ao longo do RIO DOURO







O barco rabelo é uma embarcação portuguesa, típica do Rio Douro que tradicionalmente transportava as pipas de Vinho do Porto do Alto Douro, onde as vinhas se localizam, até Vila Nova de Gaia - Porto, onde o vinho era armazenado e, posteriormente, comercializado e enviado para outros países.

Sendo um barco de rio de montanha, o rabelo não tem quilha e é de fundo chato, com um comprimento variável entre os 19 e 23 metros e 4,5 metros de boca.
A sua construção, de tábuas sobrepostas, tábua trincada, é nórdica, em comparação com a do Mediterrâneo.

Com uma vela quadrada, o rabelo era manejado normalmente por seis ou sete homens.
Quanto aos mastros, os primeiros só usavam um, enquanto que os segundos usavam também um mastro à proa.
Para governo, utiliza um remo longo à popa – a espadela.
Quando necessário, os barcos eram puxados a partir de caminhos de sirga por homens ou por juntas de bois.


22 comentários:

tulipa disse...

O barco rabelo passou a ter a sua identidade bem definida,
a partir de 1792, quando a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro,
publicou os alvarás e mais documentos que se relacionavam com a notável instituição pombalina. Nessa publicação,
conhecida vulgarmente por
"Leis da Companhia", encontram-se preciosas informações,
referentes tanto ao barco como aos seus tripulantes,
como ainda ao tráfego a que se destinavam.

Com a conclusão, em 1887,
da linha de caminho-de-ferro do Douro e o desenvolvimento das comunicações rodoviárias durante o século XX,
o tráfego fluvial assegurado pelos barcos rabelos entrou em declínio. Em 1961,
no início do programa de aproveitamento hidroeléctrico do Douro nacional,
apenas restavam seis barcos rabelos em actividade permanente.

tulipa disse...

Actualmente, com uma actividade diferente,
os rabelos são utilizados na famosa regata do São João
a quando das festas populares da cidade do Porto,
passeios no rio Douro
(alguns organizados pela empresa turística Douro Azul)
e outras iniciativas para recordar os seus tempos de glória.

Os barcos rabelos podem ainda
hoje ser encontrados no Porto. Contudo são hoje,
ao contrário de outros tempos, usados para o transporte de turistas com carácter lúdico e recreativo, sendo muito usados para atravessar o rio desde o Porto até Vila Nova de Gaia,
local onde os turistas podem visitar algumas caves de vinho do Porto.

São disse...

Bonitas imagens que me fizeram recordar a subida que fiz do Douro.

O meu grato abraço.

rosa-branca disse...

Amiga, andei a ver as fotos todas do passeio e estão maravilhosas. Beijos com carinho

Jorge disse...

Mais uma vez foi um prazer entrar no teu blog. Gostei do passeio. O Porto é lindo!

Zé Povinho disse...

Consegui rede para fazer umas visitas e um post, e vim ver esta viagem pelo Douro. Bonitas fotos e belo passeio, imagino...
Abraço do Zé

Duarte disse...

Boas e oportunas fotografias dum Douro e dum Porto bem engalanados.
Os Rabelos são de casco plano, como os barcos da Albufeira de Valência e os da Ria de Aveiro.
Os pipos nunca iam cheios... no caso de acidente podiam flutuar.
Um abraço dos grandes e não deixes de passar pela minha cidade preferida, uma das mais belas do mundo.
Um abraço grande

mfc disse...

Estes passeios no Douro são sempre lindos!

Regressado de férias... deixo aqui o meu beijinho.

MACAU BANGKOK O MAR DO POETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Fotografa Ester Afonso,
Linda e belas imagens desses barcos que diariamente sobem e desce o rio Douro.
O barco Rabelo é já famoso em todo o mundo a sua magnifica camara captou belas e lindas imagens que muito gostei de ver, meus sinceros parabéns.
Abraço amigo

Andradarte disse...

Já fiz um pequeno passeio,
mas agora fiquei mais completo, com toda esta informação, a que nem sempre
ligamos..Hei-de lá voltar..
Beijo

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Tulipa, excelente reportagem do Douro...Espectacular....
Cumprimentos

Luís Coelho disse...

Lindas fotos e a história da construção dos barcos rabelo. Desejo-lhe bons passeios e que aproveite esses ares para lhe renovar interiormente com a pureza de toda essa área nortenha.

Depois desse passeio senti-me infinitamente melhor.

Magia da Inês disse...

¸.•°`♪♪♫

Imagens poéticas do Douro que um dia quero conhecer.
Bom fim de semana!
Beijinhos.
°ºBrasil♫º
♫♪.•彡♡彡•.♪♫

lino disse...

Minha amiga, eu passo por cá todos os dias e acho todas as imagens lindíssimas, mas não vou estar sempre a repetir o mesmo, não é?
Beijinho

Sofá Amarelo disse...

Gosto imenso desta parte do Porto, onde vou sempre que vou ao Porto e onde almoço muitas vezes... e onde já fiz fotos fantásticas!

. intemporal . disse...

.

.

. entre.fotografias.que.são.mais.do.que.postais . onde o verão se atarda ainda que seja cedo . para nós . sempre cedo .

.

. deixo um beijo e um convite .

.

. hoje . há uma festa que espera por Si no . intemporal .

.

.

António disse...

Entrei por mero acaso e deparei-me com imagens belíssimas da minha cidade natal. Parabéns! Um trabalho espectacular mesmo.

vieira calado disse...

Bem bonitas
as imagens!

Beijinho para si!

helia disse...

E que agradáveis são os passeios no rio Douro ! Já fiz vários +asseios pelo Douro e estou sempre pronta a voltar !

Manuel Luis disse...

Pormenores que me dão a conhecer esse Douro que não conheço.
Obrigado

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Uma viagem muito bem descrita, que quase que me sinto lá, embora não conheça nada do norte.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Elisa T. Campos disse...

Deu vontade de conhecer tudo aí.
Linda viagem.Amei as informações.

bjs