sábado, 25 de janeiro de 2014

ASSIM FOI ABRIL, MAIO e JUNHO 2013




2º post de 2014 continua a ser uma reflexão dos meus
"MOMENTOS", agora no 2º trimestre de 2013
as 2 primeiras imagens aconteceram a 13 de Abril, em Alcochete
na cerimónia de entrega dos prémios do "FotoPaper" 
(realizado em Janeiro)
após a cerimónia fui com a amiga Dulce fazer algumas fotografias
por lugares desconhecidos para mim, a seca do bacalhau
...
Na próxima imagem recordo o dia do meu aniversário, 
também em Abril
os meus netos ofereceram-me 4 tulipas, 
2 de cada um e com as cores que eles escolheram
escusado será dizer que ADOREI
...
a imagem seguinte (eu com um dos olhos vendados)
não é agradável, pois foi aí que começou o meu grave problema
  apenas mostro que não é só de momentos bonitos
que faz parte a minha realidade




Maio chegou e fiz uma viagem de autocarro a Espanha
foram apenas 5 dias, mas concretizei
algo que há muito sonhava;
a principal finalidade seria a visita ao ALHAMBRA
mas outros locais visitei, um deles SEVILHA
que nas duas imagens a seguir
podem apreciar a belíssima Praça de Espanha
e uma foto minha nos Reais Alcázares de Sevilha.




Os Reales Alcázares de Sevilla são um complexo palaciano situado 
em Sevilha composto por vários edifícios de diferentes épocas. 
A fortificação original foi construída sobre um antigo 
assentamento romano, e mais tarde visigodo. 
Posteriormente passou a ser uma basílica paleocristã 
(São Vicente Mártir), onde foi enterrado São Isidoro.
Actualmente é utilizado como lugar de alojamento dos membros 
da Família Real ou de personalidades que visitam a cidade.
O conjunto foi declarado Património da Humanidade 
pela UNESCO, no ano de 1987, integrado no sítio Catedral, 
Alcazar e Arquivo das Índias em Sevilha.





dia 1 de Junho aconteceu a inauguração de uma
Exposição Colectiva cujo tema era
"A Cor" - participei com a conhecida foto que fiz na Índia;
depois de momentos agradáveis na exposição, segui
para Alhos Vedros com a amiga Dulce
e fomos à "Feira Medieval"
onde aproveitei para fazer uma tatuagem com henna
numa das minhas pernas,
uma loucura que há muito pensava fazer...



11 comentários:

tulipa disse...

Sobre os
Reales Alcázares de Sevilla
posso acrescentar:

Um dos palácios que rodeia dois pátios é da mesma época da Alhambra de Granada.

Para levar a cabo a obra, foram enviados pelo rei nasrida Maomé V importantes artesãos toledanos, granadinos, assim como locais.

Foi ampliado com a construção da vivenda dos emires no século XI. Também no século XII continuaram as obras de fortificação e ampliação com estruturas como o Alcázar ou o Palácio das Bendições.
Um século depois, o Califado Almóada somou mais pátios e palácios.

tulipa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tulipa disse...


Passear pelos Jardins do Alcázar pode ser um dos passeios mais agradáveis de Sevilha, sendo possível encontrar elementos árabes, renascentistas e modernos.

Estão dispostos em terraços com uma vegetação verdejante, possuindo uma grande diversidade de laranjeiras e palmeiras, com fontes e pavilhões onde se respira frescura e quietude, lugar para o sossego e descanso na calorosa cidade.

Destacam-se os Jardins do Príncipe, com a Fonte de Neptuno, os Jardins do Laranjal, com a Fonte do Leão, e o Pavilhão de Carlos V, onde morreu o rei Fernando III de Castela.

tulipa disse...


A partir dos jardins chegamos ao Pátio de Bandeiras, lugar onde se colocavam as bandeiras quando algum rei estava alojado no palácio, além de servir como uma espécie de Praça de Armas do alcázar.

Os Reales Alcázares de Sevilla
já serviram de cenário
para filmes bem conhecidos, entre os quais se encontra:

Kingdom of Heaven (Reino dos Céus)

lino disse...

Belas imagens!
Beijinho

Sofá Amarelo disse...

É bom fazer retrospectivas, ajuda-nos a organizar o tempo, o espaço e a mente, pois com o passar dos anos, muitas vezes - se não apontarmos o que vai acontecendo - vamos perdendo a noção de se algo aconteceu num determinado ano, num determinado mês... ainda por cima, fazer esse exercício de memória viajando pelas coisas boas, mas não esquecendo as coisas menos boas é saber encarar a vida como ela é, com altos e baixos!

Um beijinhoooooo :-)

ANTONIO MANUEL FONTES CAMBETA disse...

Estimada Amiga e Ilustre Fotografa Ester Afonso,
Uma vez mais no dá a conhecer seus maravilhosos trabalhos que muito adorei ver.
Meus sinceros parabéns.
De Bangkok com amizade, abraço amigo

Andradarte disse...

Já fui a Sevilha....e que pecado...
não me lembro de ter visto essa
maravilha.....
Beijo

aflores disse...

Locais perfeitos.

Tudo de bom.

:)

. intemporal . disse...

.

.

. assim foi um pouco e também tanto de dois mil e treze . e dois mil e catorze surge introspectivo e espiritual . se assim o quisermos . e . se o quisermos assim . teremos a capacidade de valorizar os dias simples e aparentemente vazios . e deles extrair uma riqueza interior que nos mudará para sempre .

.

. assim seja . e desejo.Lhe força . esperança . confiança . e que nunca esmoreça . a.pesar dos pesares . estamos todos no mesmo barco . ainda à deriva . e por tempo indeterminado .

.

.

. um beijo meu . com a sinceridade destas águas translúcidas que correm ávidas . rumo à garganta do mar .

.

.

Ailime disse...

Olá Tulipa, mais um conjunto de fotos lindas de lugares maravilhosos. E claro que a vida também tem outros momentos mas que que se vão superando com a ajuda de Deus. Um beijinho. Ailime (espero que esteja completamente recuperada)