sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

APROVEITA A VIDA Henry Altmann


Aproveita a Vida Henry Altmann 
Escolhi para início do NOVO ANO este filme 
que é também uma mensagem para todos...
Só temos que "aproveitar a Vida" 
Um filme com uma lição de vida, onde 
revi momentos da minha vida - tal e qual situações que 
acontecem ao comum dos mortais... 
na imagem abaixo o momento em que a médica comete 
um erro enorme, só porque o seu dia não estava a correr bem, 
deu um diagnóstico errado ao doente...
Infelizmente isto acontece cada vez mais, é uma das minhas 
grandes revoltas, precisamente porque já fui vítima 
de 3 casos de negligência médica e hoje sofro na pele, por isso.


Com: Robin Williams, Mila Kunis, Peter Dinklage
Comédia Dramática - EUA, 2014, Cores, 83 min.
Para além de misantropo Henry Altmann é profundamente infeliz. 
Um dia, numa consulta em que lhe são avaliados alguns exames médicos, 
se depara com alguém bastante parecido consigo: a Dr.ª Sharon Gill. 
Desorientada com o temperamento irascível de Henry, 
que não aceita o seu diagnóstico e lhe exige respostas imediatas, 
ela acaba por o informar que ele tem um aneurisma e que apenas 
lhe restam 90 minutos de vida.
Com aquela informação inesperada, Henry Altmann cai em si, 
percebendo como tem andado a desperdiçar a sua existência, 
vivendo miseravelmente e fazendo infelizes todos os que têm cruzado 
a sua vida. Simultaneamente a esta tomada de consciência por parte 
de Henry, também Sharon se apercebe do terrível erro que acabou de 
cometer e de como é urgente encontrar solução 
para aquele mal-entendido…
Com realização de Phil Alden Robinson, uma comédia dramática 

que se inspira no filme "The 92 Minutes of Mr. Baum", 

do realizador e actor israelita Assi Dayan. 

Robin Williams, Mila Kunis, Peter Dinklage e Melissa Leo 

assumem os principais papéis.




Nas imagens o momento em que a médica encontrou 

o doente que tentava suicidar-se...


Um filme que nos leva a pensar profundamente. 
A história e o seu desenrolar arrepia-nos até porque o 
Robin W. já não está entre nós. Fiquei colada ao ecrã. 
Este excelente actor, neste e em todos os filmes que fez, faz-nos 
sempre entrar numa viagem de forma absolutamente soberba. 
As emoções são tão bem passadas que também as sentimos. 
Fica também aqui o adeus a Robin Williams. 




Destaco esta frase, no filme, que me deixou a pensar...
Apenas os idiotas e os psicopatas 
não têm arrependimentos na Vida!!!


12 comentários:

tulipa disse...


Filmado numa zona que conheço bem...

Já estive na ponte de Brooklin que adorei.

"Este é um dos últimos filmes em que Robin Williams participou antes de morrer.
«Aproveita a Vida Henry Altmann» traz-nos a maratona de reconciliação de um homem que acha que só tem 90 minutos para viver."

tulipa disse...


O filme de Phil Alden Robinson

(autor, nos idos de 80 e tal, de um curioso filme com Kevin Costner, Field of Dreams)
até tem um bom princípio ficcional, ao erguer toda a sua narrativa em torno da limitada duração de vida que é estimada ao seu protagonista: exactamente 90 minutos,
mais ou menos a duração do filme.

tulipa disse...


os 90 minutos são mentira,

é apenas o primeiro que vem à cabeça da médica estagiária (Mila Kunis), aliás um bocado desaustinada, quando aquele paciente lhe exige saber, na sequência do diagnóstico de um aneurisma cerebral, quanto tempo tem de vida.

Ele não acredita mas, nunca fiando, decide “aproveitar” a vida que lhe resta e tentar resolver em hora e meia os inúmeros problemas - com a mulher, com o filho - que tem pendentes.

E ela, a médica, depois de se aperceber da asneira, vai atrás dele para tentar remediar a situação.

A mecânica dos primeiros dois terços do filme é esta - ela no rasto dele, por Brooklyn fora.

ZONA que visitei e revi neste filme, principalmente a bela Ponte de Brooklyn.

Sofá Amarelo disse...

Ando um bocado fora do cinema mas estes teus comentários abriram-me o apetite. Tinha em lista ver 'O Hobbit'. Mas vou por este na minha lista. Obrigado :-)

Sofá Amarelo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Graça Pires disse...

Um filme que é uma excelente mensagem de Ano Novo... Obrigada.
Beijo.

. intemporal . disse...

.

.

. tal como diz o "sofá amarelo" . abriu.me o apetite esta publicação sua . porque ao tempo que não vou ao cinema . :( . e sabe tão bem e aprendemos tanto e vimos de lá com uma outra consciência . a que não costumamos ter no dia.a.dia .

.

. gosto muito de passar uma tarde de sábado ou de domingo . a assistir a um grande filme . gosto mesmo .

.

. um grande beijinho .

.

.

Manuel Luis disse...

Venho aqui cantar as janeiras nesta casa onde se vê cinema, mas também agradecer esta interactividade que faz imensa falta mesmo para encorajar esta jornada. Obrigado pela atenção e pelo tempo dedicado.
O que for, que seja melhor.
Bj

tulipa disse...

OBRIGADO pela visita e pelos comentários.

Amigo Paulo é isso, tal e qual
Uma ida ao cinema ...sabe tão bem e aprendemos tanto e vimos de lá com uma outra consciência . a que não costumamos ter no dia.a.dia .

HOJE - DIA de REIS
OBRIGADO por vir aqui cantar as janeiras...
Esta interactividade faz imensa falta!
Precisamos de ser encorajados nesta jornada.

Obrigado a todos pela atenção e pelo tempo dedicado.
O que for, que seja melhor.

aflores disse...

Gosto do actor RW e vi, salvo erro ou omissão, todos os filmes dele.
Este ainda não, mas prometo ver logo que possível.

Tudo de bom.

Nilson Barcelli disse...

Parece um bom filme, não vi.
Bom resto de semana, querida amiga.
Beijo.

Zé Povinho disse...

Afastado das salas de cinema por falta de tempo e por detestar ouvir os papa pipocas, vou vendo o que posso no pequeno ecran. Vou registar esta sugestão. Aproveitar a vida é também o meu lema, que cumpro sempre que posso.
Abraço do Zé