sábado, 24 de novembro de 2018

ÇIRAGAN PALACE - BÓSFORO




O passeio de barco pelo Bósforo continua 

e deparo-me com este maravilhoso e imponente edifício 

que é o Çiragan Palace




Gostei tanto dele que o captei antes de passar por ele, 

de frente para ele e mesmo depois de passar por ele...

Çiragan Palace - nos comentários irei contar a história deste Palácio!




Calhou estar na Turquia no dia 29 de Outubro, que é feriado 

pois é comemorado o "Dia da República", 

então a grande maioria dos edifícios estatais 

e também particulares colocam estas bandeiras enormes 

nas suas fachadas, vi imensas destas bandeiras 

por toda a Turquia, onde fui passando...








O barco aproxima-se de mais uma ponte que atravessa o Bósforo 

e vê-se uma bela Mesquita com os seus minaretes





de vários locais saem barcos cheios de turistas, 

para fazer o passeio no Bósforo; na foto abaixo podemos ver 

o enorme movimento que existe no Estreito do Bósforo, 

desde os barcos de recreio, como a barcos que transportam carga,

 também barcos particulares...






Captei o barco da "Guarda costeira" bem como 

casas lindíssimas viradas para o Bósforo, 

a da imagem com piscina e uma área de lazer 

para apreciar esta beleza...





a foto seguinte fez-me recordar Miami 

e as suas vivendas de luxo com os iates à porta







Captei este ferry que faz a ligação das duas margens 

levando pessoas e carros 





na imagem de cima a casa do Presidente, virada para o Bósforo 

e logo ao lado a Embaixada da Alemanha... 




mais 100 metros adiante o barco encostou, 

saímos e tínhamos à nossa espera um restaurante 

com um delicioso almoço (imagens no próximo post)

18 comentários:

tulipa disse...


O Palácio de Çırağan é um antigo palácio imperial otomano que atualmente é um hotel de luxo da cadeia, o Çırağan Hotel Palace Kempinski.

Está localizado em Istambul, Turquia, na margem europeia do Bósforo, entre os bairros de Beşiktaş e Ortaköy, junto ao Parque de Yıldız.

O local onde se situa o palácio e as suas imediações eram conhecidas como "Jardins Kazancıoğlu", uma área luxuriante que se estendia de Beşiktaş a Ortaköy, onde existiam diversos yalıs (mansões à beira-mar)
nas margens do Bósforo, os quais tiveram o seu período mais brilhante durante a chamada "Era Tulipa", na primeira metade do século XVIII.

tulipa disse...


O almirante Kılıç Ali Paşa teve aqui um yalı na segunda metade do século XVI.
Em 1648 o sultão Murade IV ofereceu os jardins imperiais de Kazancıoğlu à sua filha Kaya Sultan e ao seu marido, o grão-vizir Meleque Amade Paxá, que aí construíram um yalı à beira-mar, que usavam como residência de verão.

No início do século XVIII, o sultão Amade III ofereceu a propriedade ao seu cunhado e grão-vizir Nevşehirli Damat İbrahim Paşa, que juntamente com o sultão e a sua filha Fatma Sultan, foi um dos os principais iniciadores e protagonistas do período de refinamento cultural recreativo que veio a chamar-se de "Era Tulipa".

O nome Çırağan surge associado ao palácio construído por İbrahim Paşa em 1719 para a sua esposa Fatma Sultan.
A princesa organizava frequentemente festas noturnas à luz de tochas, o que deu origem ao nome "Çırağan", uma palavra persa que sugere "fonte de luz especial".

tulipa disse...


A palavra rapidamente se tornou sinónimo do lugar.
Mary Wortley Montagu, a esposa do embaixador britânico na Turquia,
que viveu em Istambul entre 1717 e 1718,
refere esse palácio nas suas Cartas da Turquia:

“Está situado numa das partes mais aprazíveis do canal, com uma bela floresta num dos lados da colina que fica por detrás.
A sua extensão é prodigiosa; o guarda assegurou-me que há 800 divisões,
mas eu não confirmo esse número pois não as contei;
mas o número é certamente muito grande, e está profusamente adornado com mármore, dourados e as mais requintadas pinturas de frutas e flores.
As janelas todas usam o melhor vidro cristalino trazido de Inglaterra
e aqui se pode ver toda a dispendiosa magnificência que se pode imaginar
num palácio edificado por um jovem com a riqueza de um vasto império sob o seu comando.

Rejane Tazza disse...

Fotos lindas e o palácio é demais! Gostei mais uma vez! beijos, chica, ótimo fds!

Acrescenta Um Ponto ao Conto disse...

Queridos amigos leitores,

convidamos-vos a ler o capítulo 1 do nosso conto escrito a várias mãos "Ecos de Mentes", que esta semana chega pela mão do João J. A. Madeira, interpretando Cláudia-.
https://contospartilhados.blogspot.com/2018/11/ecos-de-mentes-capitulo-1.html

Sempre com muito carinho por vós,
saudações literárias!

Roselia Bezerra disse...

Boa tarde, querida amiga Tulipa!
Fui insistente e voltei pois já passei desde ontem e não havia conseguido deixar comentário.
Obrigada por ter apreciado uma das minhas postagens e deixado seu carinho.
Seu passeio por lugares tão belos deve lhe encher de júbilo e contentamento seu mente coração.
Tenha dias venturosos e abençoados junto aos seus amados!
Excelente fim de semana!.
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Ailime disse...

Boa noite Ester,
Que passeio maravilhoso!
Palácio e tudo o resto que me faz sonhar com uma viagem assim;)!!
As fotos estão fabulosas.
Obrigada pela partilha.
Beijinhos e bom domingo.
Ailime

O meu pensamento viaja disse...

Tulipa, por acaso já fiz esse cruzeiro memorável.
As suas fotografias estão maravilhosas.
Beijinhos

Isa Sá disse...

Um belo passeio!

Bom domingo!

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Ana Freire disse...

Uau!!!!
Uma reportagem fotográfica, absolutamente deslumbrante!...
Tinha a ideia da Turquia ser um país bastante austero, devido às suas convicções políticas e religiosas... e depois de um atentado que envolveu a morte de uma turista portuguesa, há poucos anos atrás, aqui da zona de Sintra... confesso, que já nem conseguia associar a Turquia, a turismo... mas estou a ver que continua a haver mil e um motivos, para se conhecer, um país tão fascinante...
Lindíssima esta série de imagens, Tulipa!
Finalmente passando, por aqui, com algum atraso, pois o tempo dedicado, à Net, por vezes é bastante limitado... além de que ainda ando a passar em revista, o que andei a perder, em imensos blogues que sigo, bem mais de 200... nestes meses em que estive ausente... e como não posso visitar todos em simultâneo... tenho que ir escalonando as visitas no tempo...
Vou então espreitar o que por aqui, andei perdendo... e noutros dias, muito em breve, virei então espreitar os seus outros espaços...
Beijinhos! Feliz domingo!
Ana

Sofá Amarelo disse...

O primeiro edifício - que não consigo pronunciar o nome - parece o CCB lá do sítio, está muito bem documentado nas tuas fotos. Curioso isso das bandeiras, em Portugal só se colocaram a propósito do futebol.

Pelas tuas fotos fico com a ideia que o Bósforo é uma espécie de simbiose entre o Douro portuense e o Tejo lisboeta, bem separadas as diferenças, claro.

E aquela Mesquita bem poder ser o nosso Panteão... com as suas diferenças, evidentemente.

Agora, resumindo, o teu passeio pelo Bósforo mostrou-se riquíssimo pois apanhaste as duas margens, a multifacetada Istambul nas suas simbioses, nos eus ícones mais famosos.... e as bandeiras, lá estão as bandeiras de um país que vaio dar muito que falar nos próximos anos - prevejo eu - tanto para o bem como para o mal... e até têm um castelo, nalguns aspectos com algumas semelhanças com alguns dos nossos castelos, e até o Presidente é um privilegiado... o "nosso" Marcelo também não tem uma má vista, mas este ultrapassa tudo, não se vê é a segurança mas eles devem estar bem camuflados.

Há uma cumplicidade muito grande entre a Turquia e a Alemanha, mais que não seja pelos 4 milhões de turcos que há uns anos habitavam na Alemanha - provavelmente, agora serão mais.

Atenção à Turquia... as tuas fotos são mas podem vir a ser ainda mais um registo histórico fenomenal :-) Parabéns :-)

A Nossa Travessa disse...

Minha querida Tulipamiga

Retribuindo a tua visita e o teu simpatiquíssimo comentário começo por te dizer que continuas a ser uma provocadora e do mais alto coturno…

Motivo? Elementar minha cara Tulipa! Já estive (e também estivemos a Raquel e eu) quatro vezes na Turquia e não penso voltar. Mas também já aconselhei os meus quatro netos [(João, 25, Rodrigo, 23 – do nosso primogénito Miguel, e da Margarida), (Xavier, 23, Vicente, 2º e Madalena, 18 – do Paulo e da Veva)] a ir até lá quando o puderem fazer.

Curioso: conto sempre aos amigos que já atravessei o Bósforo a pé, pois a minha goesa desnaturada levou-me pela arreata… a passar da Ásia para a Europa pela Boğaziçi Köprüsü que, como sabes em turco quer dizer Ponte do Bósforo. Isto aconteceu em 1979 e ainda hoje me doem os cascos...😫

Para terminar da Turquia sei bastante desde Istambul até ao Mar Negro, Antália, passando pela Capadócia e pelas quedas de água e piscinas naturais e termais de Pamukalle e até tive de discutir lá depois de ter proferido uma palestra sobre a hipotética adesão do país à então CEE. Os turcos não gostaram muito😡 mas consegui sair ileso do salão bem recheado deles. Note-se que não havia, que eu notasse, curdos entre os assistentes...

Bu arkadaşınızın birçok küçük peynirleri de geziler için deli ou seja Muitos qjs 💋💋💋deste teu amigo também louco por viagens
Henrique, o Leãozão🦁

redonda disse...

Gostei muito das fotografias neste post e nos anteriores

um beijinho e uma boa semana

Pedro Coimbra disse...

Andei por essas paragens há alguns anos.
E fica sempre aquela dúvida se estamos na Europa ou na Ásia.
Beijos, boa semana

Graça Pires disse...

Ando sempre a passear através das suas imagens e das suas explicações. Obrigada…
Uma boa semana.
Um beijo.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Ora aqui está um destino de que gostava de fazer.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Mina Jankovic disse...

Nice post. 🙂
Following you, follow back?
www.minniearts.com

Jaime Portela disse...

Já fiz esse passeio, mas as minhas fotos não ficaram tão boas...
Tulipa, um bom fim de semana.
Beijo.