terça-feira, 6 de novembro de 2018

CRUZEIRO NO BÓSFORO





Começo este post com esta fabulosa imagem 

de Outono por ISTAMBUL. 

Já lá tinha estado em 2014, quando fui fazer um cruzeiro 

com partida de Istambul pelas Ilhas Gregas 

e chegada a Veneza. 

Na altura, tive apenas meio dia livre e aproveitei para fazer 

o "Cruzeiro no Bósforo"... gostei tanto, 

que agora repeti o mesmo Cruzeiro no Bósforo.




Aqui estou à espera do barco; 

durante o percurso há muito que ver. 

desde logo é possível ter uma outra perspectiva 

de toda a colina de Sultanahmet.

Aproxima-se o barco onde irei, 

vem cheio de pessoas felizes pelo passeio que fizeram.




Antes que entremos no barco, 

este senhor tenta vender as típicas rosquinhas. 

SIMIT - é uma rosquinha salpicada de sementes de Sésamo, 

tipo um bagel... fico na dúvida, será salgada ou doce?





Aqui estou eu, feliz por ir repetir um passeio que, 

soube a pouco, da outra vez. 

É o passeio mais lindo e obrigatório, pois é percorrendo 

o Bósforo (esse canal que atravessa Istambul, 

ligando o Mar de Mármara e o Mar Negro) que se consegue 

ver e "sentir" que estou realmente entre a Europa e a Ásia.





Ponte de Gálata une as duas partes europeias de Istambul,

 atravessando o estuário do Corno de Ouro, 

no local onde se situava o principal porto da antiga Constantinopla.

Abaixo uma imagem magnífica da Torre de Gálata, 

uma torre medieval localizada no bairro 

que lhe dá o nome na parte europeia de Istambul.




Nesta parte europeia de Istambul 

vê-se muita construção e desenvolvimento.




O passeio de barco continua durante uns 20 minutos 

junto à parte europeia de Istambul






Percorrendo as águas do Bósforo vamos conhecendo melhor 

essa Istambul voltada para a água, com os seus 

grandes palácios antiquíssimos dos dois lados do estreito,

 lindas casas de férias, bem como bares e restaurantes à beira-mar, 

com esplanadas maravilhosas e convidativas







O passeio de barco continuará no próximo post... 

aqui captei um hotel de luxo, o Four Seasons Hotel, 

bem como um Liceu também conhecido como Besiktas Anatolian 

High School, do lado europeu de Istambul 

e uma das melhores escolas de Istambul

As línguas principais são Turco e Inglês 

e as línguas secundárias são Alemão e Francês.



11 comentários:

João Menéres disse...

Também fiz esse cruzeiro e tudo o que descreves é verdade.
Na altura, postei algumas imagens soltas.

Um beijo, Ester.

tulipa disse...


O trajecto pelo mar acima faz-se em menos de duas horas e durante o percurso há muito que ver.
Desde logo, é possível ter uma outra perspectiva de toda a colina de Sultanahmet. Hagia Sophia e o Palácio Topkapi estão em grande destaque. Os minaretes da Mesquita Azul também se avistam, ao longe.
Do outro lado, é a torre de Gálata que se avista em toda a sua dimensão e altura.
O trajecto leva-o depois a passar perto do Palácio de Dolmabahçe, a mesquita de Ortakoy e a bem conhecida ponte do Bósforo.
Pelo seu design, esta ponte é conhecida como a ‘Pérola do Bósforo’.
Ela tem um papel crucial na ligação do lado europeu ao asiático de Istambul. À medida que vamos saindo da cidade, os palácios de Istambul dão progressivamente lugar a grandes mansões, paisagens e colinas luxuriantes cujo verde contrasta com o azul do mar.

Tive sorte porque no dia em que realizei o tour o sol brilhava em todo o seu esplendor. Antes de chegar ao destino final, o barco pára em Rumeli Kavagi, a última paragem no Bósforo antes de se chegar ao mar Negro.
Pode optar por ficar aí e depois prosseguir viagem desfrutando da gastronomia oferecida pelos restaurantes na pequena localidade.

Também se pode optar por desembarcar na margem oposta dessa localidade, ou seja, na parte asiática da Turquia, em Anadolu Kavagi.
Anadolu Kavagi é uma pequena localidade tradicional de cariz piscatório que vive da orda de turistas que ali desembarca diariamente vinda dos tours de Istambul.
Há algum artesanato local também à venda.
Contudo, o que predomina são os restaurantes com ementa à base de peixe fresco grelhado e marisco. E tudo a preços módicos.
As paisagens são idílicas não estivessem os estabelecimentos construídos praticamente em cima do Bósforo.

Chegados ao fim do passeio não nos restou mais do que almoçar num dos restaurantes locais.
Aí apreciámos um bom peixe grelhado.
Depois de ainda perdermos algum tempo entre as bancas de artesanato local, regressámos cansados a Istambul.
Estávamos porém bem satisfeitos pelo facto de o tour ter excedido as nossas melhores expectativas.
Um must see a partir de Istambul...Cruzeiro pelo Bósforo!

tulipa disse...


Beşiktaş Anadolu Lisesi
or Beşiktaş Anatolian High School is a four-year Anatolian High School located on the European side of Istanbul and one of the best schools in Turkey .
The primary languages of instruction are Turkish and English.
The secondary foreign languages are German and French.

The school was first established as high school only for female students "Beşiktaş Kız Lisesi" in Beşiktaş, Istanbul in 1959.
After the 1993-1994 term, it was turned into a mixed high school and renamed "Beşiktaş Lisesi" ("Beşiktaş High School").

In the beginning of the 2005-2006 term it has become an Anatolian High School and took the name "Beşiktaş Anadolu Lisesi" ("Beşiktaş Anatolian High School"), accepting students who pass the SBS (Seviye Belirleme Sınavı).

From 2005 onwards, it operates as a four-year anatolian high school.

Pedro Coimbra disse...

Onde o Ocidente e o Oriente realmente se misturam e confundem.
Beijos

Ailime disse...

Boa tarde Ester,
Que passeio fabuloso!
As fotos estão maravilhosas.
Continuação de boas viagens.
Beijinhos,
Ãilime

Os olhares da Gracinha! disse...

Realmente é um belo passeio pois partilhou olhares maravilhosos!!! Bj

Marta Vinhais disse...

Um passeio interessante e rico...
As fotos estão óptimas...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

CÉU disse...

Olá, querida Ester (creio ser este o teu nome verdadeiro, não)?

Espero k estejas mto bem e feliz. Por aqui, tudo normal e dentro da minha forma de estar e de ser.

Não tenho sabido nada de ti (afinal há gente, que se preocupa com a menina -rs) e tenho deixado num dos teus muitos blogues, creio k se chama de Ocidente para Oriente ou algo parecido, "n" comentários, mas nunca tive resposta tua. Agora, e casualmente, encontrei um comentário teu no blogue da Erika sobre Arte e Cultura e lá referes o nome dos teus blogues e um deles vai parar ao emblemático "Ano Sabático". Não consigo encontrar o último link do blogue, que referes.

Já sei que chegaste domingo passado da Turquia e que adoraste, aliás, pela tua pormenorizada descrição ao longo do post e até nos comentárikos, nota-se isso, perfeitamente.

As fotografias estão excelentes e tu estás como sempre muito bem disposta e apresentável. O importante é seres feliz e se viajar é o remédio, então, continua.

Beijos e bom regresso.

Sofá Amarelo disse...

História, é pura história que nos trazes neste post, ou não fosse Istambul um centro histórico que moldou a civilização ao longo de séculos. Aliás, as tuas fotos levam logo a intuir isso, pois captaste momentos da vida da cidade, ou das "cidades", se considerarmos que de um lado fica a Europa e do outro o Próximo Oriente. Aquelas argolas, uiiii, não sou muito adepto de comer nestes locais, mas acho que abria uma excepção, têm óptimo aspecto. E aí estás tu a gozar os 'Momentos-Perfeitos' da tua Vida, com um semblante feliz.

Vendo de longe há certas imagens que até lembram Lisboa vista do nosso também lindo Tejo. Eu penso que muita gente ainda não tem percepção daquilo que é a Istambul do século XXI. É conhecida - outra vez - pelos clubes de futebol, sendo que a Turquia tem um 3º lugar no Mundial de 2002. A nível geral, considero a Turquia como um país de futuro, que já nem precisa da União Europeia para nada. Tem a guerra á porta, é certo, mas também tem muitas potencialidades, e o teu post ajudou-me a confirmar isso mesmo. Obrigado!

CÉU disse...

Olá, Tulipa!

Muito grata pelos seus comentários, um já deixado no dia 22-10 no anterior post, tal como disse e confirmo.
Outro, deixado, hoje, esta noite, no atual poema, e k desde já agradeço.

Efetivamente ter quatro blogues dão mto trabalho e sobretudo se são postagens tão completas, com fotos e texto, como as k sempre faz.

Qdo se tem 4 blogues, temos k deixar muitos comentários nos blogues, para recebermos metade, e acredite que eu deixo muitos, mas muitos nos blogues. Uns respondem com relativa rapidez, outros, ignoram e outros ainda precisam k eu lhes deixe 3 ou 4 comentários para deixarem um, apenas um, no meu blogue.
Resumindo, se recebo 150 comentários, já dei 300.

Felizmente, não tenho falta de disposição, pke sou muito constante, por vezes, demasiadamente e quase todos os dias comento blogues.
Para além disto, tenho a minha vida profissional, que me ocupa muito tempo.

Sou mto diferente da maioria das pessoas, pke viajar para mim é um tormento, não gosto do mar, nem similares e adoro estar em casa, onde tenho sempre k fazer. Sou sedentária por natureza e gosto mto de limpar o meu espacinho, um T4, passar a ferro e tarefas do género.

Beijos e bom fim de semana.

rendadebilros disse...

Que bonita reportagem! Beijinhos.