segunda-feira, 13 de maio de 2019

MUSEE OCEANOGRAPHIQUE





Esperar é uma virtude e eu esperei, sempre com Esperança 

e assim chegou o dia que fui conhecer o MÓNACO. 

. . . / . . . 

Fiquei rendida ao Principado e à organização, 

o turista chega e está tudo pensado; 

todos sabemos que fica num rochedo 
e eu a pensar: 
terei que subir ruas íngremes para chegar lá acima? 
era a minha dúvida... 

Nada disso, o autocarro vai directamente para um parque de

 estacionamento dentro do rochedo e, dali há três lances de 

escadas rolantes, que chegam a uma plataforma onde 

se sai para o exterior e temos logo esta vista magnífica 

do MUSEU OCEANOGRÁFICO




Nas paredes vemos imagens antigas como decoração dos 

três lances de escadas rolantes, captei esta foto antiga 

do mesmo Museu Oceanográfico...

depois de fazer umas fotos na tal plataforma com uma 

vista maravilhosa para o azul do MAR, voltamos a entrar 

e temos vários elevadores (foto abaixo) que nos levam 

até uma Praça onde há a entrada principal para o museu... 






antes de reparar nas bilheteiras...

 vi estas placas de sinalização e, fiquei de boca aberta...

uma placa a indicar onde há um "Desfibrilhador"

Já corri meio mundo, mas isso nunca vi...!!!

Ali estão as bilheteiras, mas não nos deram tempo para 

visitar o enorme museu e o aquário... precisavamos no mínimo 

de uma hora e esse foi o tempo que nos deram 

para ver tudo... há que fazer escolhas!





O Museu Oceanográfico do Mónaco é uma instituição 

fundada em 1910 por Alberto I - Principe do Mónaco

Localizado num promontório sobranceiro ao Mar, 

abriga espécies de animais marinhos como estrelas-do-mar, 

cavalos marinhos, tartarugas marinhas, medusas, 

lagostas, tubarões, chocos, etc 

Jacques Cousteau foi seu director por vários anos, 

a partir de 1957






Seguimos por um caminho que nos levou a um belo jardim, 

com vistas magníficas para o Mar...








Árvore doada por uma Fundação como símbolo 

do tratamento do cancro em Mulheres... 

uma ave muito colorida embeleza o jardim






Caminhando pelo jardim, as vistas continuam a deixar-me 

rendida àquele azul do Mar, ali aos meus pés




recantos deslumbrantes e estátuas pelo jardim




até que volto a ter outra visão completamente diferente 

do Museu Oceanográfico, noutra perspectiva

(foi lá de baixo que captei a 1ª imagem)






Lá em baixo uma das muitas marinas existentes 

e, um barco de gente com um bom nível de vida, 

parte em busca de aventura e momentos perfeitos! 



11 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Bom dia de paz, querida amiga Tulipa!
Que post tao bem ilustrado!
Voce Valoriza bem os lugares que conhece. Que beleza!
Muito obrigada pelo carinho pelo nosso dia das Maes.
Tenha uma nova semana favoravel!
Bjm carinhoso e fraterno de paze bem

Pedro Coimbra disse...

O Mónaco tem um glamour único!
Bjs

Cidália Ferreira disse...

Maravilhosa postagem!
Coração desorientado...aflito...
Beijos e um excelente dia!

Ailime disse...

Boa tarde Tulipa,
Maravilhosas as suas fotos!
Mónaco, um principado que me deixa curiosa!
Um beijinho.
Ailime

CÉU disse...

Olá, Tulipa!

Um país deveras interessante e afinal está muito bem orientado e há escadas rolantes e levadores, que nos põem nos lugares mais apetecíveis e concorridos.
Adorei as fotos e aquela ave multicolorida no jardim, achei o máximo.

Beijos e boa semana.

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Não é o melhor mas é um dos mais famosos museus oceanográficos do Mundo.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

scopelmartha@gmail.com disse...

Parabéns. Suas fotos são lindas, seus comentários valorizam ainda mais.
Beijo.

Sofá Amarelo disse...

Pois, este é um verdadeiro Museu Oceanográfico, imponente, robusto e de certeza bem conservado por dentro, bem diferente - infelizmente - da réplica portuguesa que fica no Portinho da Arrábida, apenas com um funcionário, e onde a humidade corrói a maior parte das peças. Sei disso porque já lá fiz uma exposição de fotografia e vieram tão danificadas que não deu para reaproveitá-las para outros eventos.

O Mónaco é um mundo em ponto pequeno - como vi numa reportagem da televisão há pouco tempo - mas com muito impacto a nível mundial. Dedicaste parte do teu post a um dos ex-libris da cidade e escolheste bem as fotos e a informação.

Depois, aquela vista para o mar daria uma boa capa de livro, por exemplo, de um livro de viagens. Outra coisa útil nos teus posts é fotografares as informações nas lápides, o que facilita a vida a quem está interessado em saber, pois basta ler, escusando de estares a repetir no texto.

Nalgumas coisas, o Mónaco faz-me lembrar pequenos pormenores da Arrábida. Mas no resto é tudo e completamente diferente, nomeadamente quando se chega ªà parte da Marina e da construção, claro. E que ângulos fabulosos. Excelente reportagem outra vez. Continua :-)

Graça Pires disse...

A fazer mais um passei consigo, aqui, através das suas fotografias excelentes…
Uma boa semana.
Um beijo.

Daniela Silva disse...

Não tinha a noção que era tão bonito :)

Beijinho
www.danielasilva.pt

Maria Rodrigues disse...

Todas as fotos estão lindas mas adorei especialmente a da árvore com o mar por fundo.
Beijinhos
Maria