sábado, 8 de janeiro de 2011

MUSEUM OF BROKEN RELATIONSHIPS





Mesmo em frente da Igreja de São Marcos, existe o edifício do Parlamento.
Um edifício neoclássico de 1910. Foi aqui onde se decidiu e votou a independência da Croácia da República Socialista da Jugoslávia. A zona nova desenvolveu-se a partir de 1830, em torno de uma série de parques e espaços abertos que se conhece como a Ferradura. Nela alojam-se os museus mais importantes, assim como o Teatro Nacional e o Jardim Botânico.
A parte baixa de Zagreb é basicamente uma cidade de museus, entre os que destacam a Galeria Strossmayer, que contém magníficas pinturas e a Baska Slab, da ilha de Krk, uma das inscrições mais antigas no idioma croata;
o Museu Arqueológico oferece peças pré-históricas, medievais e múmias egípcias, assim como, um jardim com esculturas romanas.
A oeste, o Museu Mimara, é uma das melhores galerias de arte da Europa.
Muito perto encontra-se um conjunto monumental, que compreende o Teatro Nacional Croata, o Museu Etnográfico, a Biblioteca Nacional e o Jardim Botânico.

PARA UMA PRÓXIMA VISITA A ZAGREB, gostaria de ver aquilo que desta vez não pude ver, e lamento: JARDIM BOTÂNICO - MUSEU MIMARA, entre outros.
Na 1ª foto apresento um museu que jamais imaginei poder existir:
MUSEUM OF BROKEN RELATIONSHIPS, quem diria???
Na última foto vê-se o edifício do PARLAMENTO.

9 comentários:

Jorge disse...

Essa do museu of broken relations, é curiosa! Bom Fim - de - semana.

gota de vidro disse...

Viajar aqui contigo é sempre um banho de cultura.
Também nunca tinha ouvido falar deste museu.

Nunca viajei por stas terras

Obrigada pelas boas informações que nos passas.

Bom fim de semana

Bjitos da gota

Catarina disse...

Nem eu!
É sempre um prazer visitá-la aqui neste seu espaço. Abraço.

. intemporal . disse...

.

. da Europa, conheço grande parte dos seus países mas a croácia permanece ainda por visitar .

.

. no entanto, a.qui no seu blogue vou abrindo horizontes e pre.meditando a visita .

.

. as viagens são a recompensa por décadas de trabalho árduo . por anos inteiros a levantar às cinco da manhã . faça chuva, frio ou calor .

.

. não sendo rico, poupo muito durante o ano inteiro . e não faço jantaradas, noitadas, nem gastos supérfulos em roupas de marca ou em calças numeradas de estilistas de re.nome . poupo e viajo . ainda que tal facto faça "impressão" a algumas pessoas . que tentam por todos os meios, mail`s, contactos telefónicos, junto dos meus/minhas amigos/amigas saber mais pormenores . faz.lhes uma espécie de espécie . :))) .

.

. da tailândia, este ano, permanecerei pelos destinos que mencionou . não tenho tempo para mais . mas dar.lhe.ei mais informações .

.

. do sri lanka conheço todo o país .

.

. tenho até um pequen.íssimo blogue como recordação daquele que foi um momento bem bonito da minha vida .

.

. http://ilhadeceilao.blogspot.com .

.

. das maldivas res.guardo um paraíso re.encontrado na terra e que em breve irá submergir perante a subida do nível das águas do mar . aconselho viva.mente que as visite . lá, a distância entre a terra e o céu é de facto residual .

.

. eu estive no Paradise Island e "amei.de.amar" .

.

. a capital,,, "malé" é também interessante por ser diferente .

.

. um bom domingo .

.

. um beijo meu .

.

. paulo .

.

Um Poema disse...

....

As informações que tenho recolhido aqui, vão se-me úteis, sem dúvida,
se conseguir, como espero, ir até lá.

Um abraço

Lilá(s) disse...

Bem não conhecia de todo a existência desse museu! vale a pena viajar sem sair de casa...sempre se aprende .
Beijinhos

BRANCAMAR disse...

Minha amiga,

Peço desculpa porque tenho estado em falta contigo e com muita gente. Este fim de ano foi felizmente um fim de ano muito absorvido por toda a família e outros factores e por mais que quisesse esticar o tempo não me tem sido possível ser muito permanente.
Estou aqui não só para colmatar essa falha mas para apreciar o teu lindo post. Gosto de viajar contigo, conhecer sítios que não conheço, quem sabe um dia possa ir por aí ou por outros países que gostaria de conhecer, se a saúde mo permitir nos próximos anos.

Deixo beijos e continua a trazer-nos boas fotografias e posts bonitos.

Beijos
Branca

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Confesso que desconhecia esse museu.

Zé Povinho disse...

Quem se lembrou de criar semelhante museu, das relações quebradas, ou algo do género? O que é que terá em exposição?
Abraço curioso do Zé