domingo, 29 de novembro de 2009

PARIS (1)

A cidade-luz é uma das mais charmosas e românticas de toda a Europa, por isso é uma das mais visitadas pelos turistas.
Logo no transfer para o hotel partilhei a companhia de 3 casais americanos… durante o percurso de autocarro fazendo o City-Tour fui encontrando pessoas de todas as nacionalidades.
No 1º passeio pela cidade, no bairro onde ficava o hotel encontrei 2 senhoras portuguesas, animadamente falando o bom português, uma delas já lá vive há 35 anos e a outra há menos tempo. Disseram logo que eu estava no bairro dos Teatros, Ópera, muitos espectáculos e disseram para ir visitar o Museu Grévin, ali mesmo ao lado; disseram também: se seguir em frente vai dar às Galerias LaFayette…
No hotel, na 1ª manhã encontrei um casal de brasileiros que arrumam e limpam os quartos no hotel.
Antes da viagem fui lendo informação para me ajudar e aprendi alguns conselhos:
1) Sentar-se em frente a um café parisiense e ver a vida passar é o que os franceses mais curtem, principalmente durante o verão. Em qualquer parte da França existe um café em alguma esquina;
Fui em pleno Outono e também vi muitas pessoas sentadas nas esplanadas, porque as esplanadas lá não são iguais às de cá, todas elas têm aquecimento e sabe bem estar ali a ver passar a vida parisiense. Tive o prazer de jantar num local assim e ali fiquei a observar tudo o que me rodeava.

2) Paris é uma cidade perfeita para caminhar.
SIM, apetece mesmo passear; decidi comprar bilhete para 2 dias no City-Tour, para reconhecimento da cidade e depois podia descer e subir todo o dia e mudar de autocarro, pois tinha acesso a 4 rotas diferentes. Deixei-me perder algumas vezes pela cidade, embora também tenha experimentado andar de metro. Precisamente por ter escolhido passear, ainda sobraram bilhetes de metro.


3) Ir à França e não tomar o famoso vinho francês ou não comer o verdadeiro croissant é o mesmo que ir ao Rio e não visitar o Cristo Redentor. Não deixe de experimentar a gastronomia deste país;
Ora bem, posso dizê-lo que já fui ao Rio de Janeiro e não fui lá acima ao Cristo Redentor, vi-o cá de baixo e chegou…quanto à gastronomia francesa, croissant e mil-folhas provei e aprovo, uma verdadeira delícia principalmente os mil-folhas. Vinho, não obrigado. Em pleno Outono dei comigo a beber uma imperial, na esplanada, coisa nada habitual em mim, daí ter-me surpreendido.

4) Como a maioria dos franceses, aproveite os dias de sol e almoce em estilo piquenique em um dos vários parques de Paris. O Jardim de Luxemburgo, por exemplo, é um dos mais lindos da cidade; Comi em estilo piquenique também, mas não ao sol nem tive oportunidade de entrar no jardim de Luxemburgo, passei mesmo ao lado, e vi as enormes filas para entrar, no domingo. Apercebi-me que a entrada é paga…não faço a mínima ideia quanto se paga.

5) Ver o pôr-do-sol sob a Torre Eiffel é uma oportunidade única. Tente subir ao segundo andar e espere o tempo necessário para todas as luzes da cidade começarem a acender ao mesmo tempo. Vale muito conferir!

15 comentários:

Tozé Franco disse...

Ora viva.
A última vez que lá estive foi em Junho com 100 alunos.
Visitámos os sítios habituais nestas circunstâncias (nenhum foi novidade para mim) e fiquei apaixondao pela zona do Sacre Couer, pelo Quartir Latin e Montmartre. Na torre Eiffel encontrámos um veterano da 2.ª Guerra Mundial fardado com as medalhas todas, pois estava a celebrar-se os 65 anos do desembarque da Normandia.
Quero lá voltar para fazer o que fiz em Madrid no Verão: vivitar museus, palácios e passear pela zona central, sem pressa.
Parabéns pelo prémio ganho.

aflores disse...

Talvez um dia vá lá e "repita" o passeio que dei agora mesmo neste post, e partilhe as mesmas sensações.

Tudo de bom


:)

Justine disse...

Pais é inesgotável, e sempre que se lá vaihá coisas que se descobrem.Já tenho saudades, agora maiscom o teu relato:))

Paula Raposo disse...

Adoro Paris!
As brasseries são uma delícia. Em Bruxelles, também.
Beijos.

Lídia Borges disse...

Paris - o romantismo,a música, a pintura, o amor... E tudo o que aqui é realçado... e muito bem!

Um beijo

Lídia Borges disse...

Voltei para felicitá-la pelo prémio literário que receberá, no próximo sábado.
Espero que seja o primeiro de muitos que se seguirão, com certeza.

Muitos parabéns!

Um beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Minha amiga
Caminhei contigo e revivi alguns bons momentos...

espero que dia 5 seja um sucesso nesse dia eu lançarei o meu livro de Natal Em ALMEIRIM~~~


A altura foi má porque as doenças "atacram" por aqui em grande
mas eu consigo sempre... mesmo debilitada...
O meu Livro

MAGIA DE NATAL está pronto.



É mais um sonho concretizado

É um livro pequeno com custo de 10 euros (NÃOPAGA portes) Tenho mensagens bastante fortes da desigualdade das nossaas crianças.
Livro Para uma boa OFERTA DE NATAL...

diz-me se queres e...quantos queres...


Um beijo

Lili Laranjo

Chris disse...

Esta viagem à cidade luz, à minha cidade preferida foi um encanto...
Um abraço
Chris

Nadia Mendes disse...

Ai Paris Paris! Tem um encanto dificil de explicar! Já lá fui 2 vezes e só me apetece voltar! Porque Paris é Paris!
Bjinhos, Nádia

Maria Valadas disse...

Viajei atravez dos teus olhos e relembrei o que os meus também viram!
Já lá fui duas vezes:
1º sózinha com o marido
2º acompanhada das minhas filhas

Se Deus permitir... espero lá voltar... mas com a familia toda!

Obrigada minha querida Tulipa por fazeres ter saudades de lá voltar.
A tua narrativa está espectacular.

Ah! Fico ansiosamente à espera de saber os pormenores do dia de sabado e do merecido prémio.

Beijinhos no coração.

gaivota disse...

vim num instante a paris...
mesmo sem muita luz, na cidade da luz, as fotos estão muito bem!
um dia voltarei a paris, em pessoa...
beijinhos

legivel disse...

... uma cidade sempre a (re)visitar e com apetecível oferta cultural.

Abraço.

heretico disse...

muito bem

beijo

C Valente disse...

Ai que saudades das férias em Paris
saudações amigas

Agulheta disse...

Tulipa! Bela a cidade luz,já la foi mas faço intenção de voltar,quando ainda tenho de ver as modas!
Beijinhos
Lisa