domingo, 27 de dezembro de 2020

Latitude‎ +39° 21' 52.57, Longitude -8° 56' 40.62


Depois do almoço na Quinta das Acácias 

e das fotos que fiz na Quinta, 

segui viagem até às SALINAS de RIO MAIOR 

há anos que tinha na ideia visitar estas salinas, 

nunca tinha acontecido, a pandemia fez com que 

tivesse mais vontade de visitar cá dentro, 

lugares que tinha na minha lista, 

mas não eram prioritários...passaram a ser! 

Sabia que era a época do SAL entre os meses 

de Junho e Agosto, daí a visita no mês de JUNHO



Já é hábito meu, antes de ir a qualquer lugar, 

telefono, peço informações no POSTO DE TURISMO 

da região a visitar e, foi o que fiz. 

Ao falar com a Senhora do PTurismo perguntei se 

se viam os montes de SAL e ela disse: 

Sim, estou a vê-los aqui da janela! 

Muito admirada digo...da janela? 

e a Sra responde: 

Sim, as salinas são mesmo aqui junto ao PTurismo! 

Aqui está a foto do Posto de Turismo 

onde fui, assim que cheguei...



junto ao PTurismo, é esta a imagem que tenho, 

com as salinas aos meus pés




tinha na ideia ver os "Homens" a trabalhar nas salinas, 

mas era Verão, dias mais quentes e a Sra explicou-me 

que logo pela manhã, às 9h andam por aqui muitos homens 

a trabalhar, mas como cheguei depois do almoço era menos 

provável vê-los...só que mesmo assim tive a sorte de ver 

alguns ainda a trabalhar e tive que registar o momento!







quase que persegui, com a máquina, este trabalhador

foi mesmo uma sorte poder captar estas imagens, 

quando ele empurrava o carrinho com SAL e olhava para mim, 

eu falei com ele e perguntei se não se importava e 

ele disse que não, conversei com o Senhor, fiz muitas perguntas 

e ele viu logo que era a minha 1ª vez numas salinas





as salinas situam-se a cerca de 3Kms do centro da cidade

e encaixam-se num vale no sopé da Serra dos Candeeiros

em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros!



aqui fica a minha imagem, para memória futura, 

a minha visita em tempo de pandemia, com a máscara 

neste caso, no queixo, baixei só para a fotografia




regresso ao blog 5 meses depois, 

foi uma ausência muito grande, para mim nunca 

tinha acontecido tamanha ausência nos meus blogues, 

mas tem sido um ano muito difícil e complicado, 

sem qualquer estímulo, sem vontade de nada...

Prometo aos meus leitores que vou dar início a 2021 

com mais assiduidade e a ver se ganho algum interesse, 

para não desistir de partilhar os meus passeios e visitas. 

BOM ANO NOVO a todos nós, 

com saúde principalmente!

15 comentários:

tulipa disse...


As Salinas de Rio Maior situam-se a cerca de 3 km do centro da cidade e encaixam-se num vale no sopé da Serra dos Candeeiros, em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros.

Classificadas como Imóvel de Interesse Público desde Dezembro de 1997,
estas são as únicas Salinas interiores existentes em Portugal,
e as únicas que se encontram em pleno funcionamento na Europa.

A primeira referência à sua existência data de 1177, mas pensa-se que o aproveitamento do sal-gema já seria feito desde a Pré-história.

Rodeadas de vinhas e terras de cultivo são consideradas como uma maravilha da natureza, uma vez que o oceano fica a 30 km.

O sal é vestígio da presença do mar em épocas remotas.
A água, cerca de sete vezes mais salgada que a água do mar,
provém de um poço, após passar por uma jazida de sal-gema.

Pedro Coimbra disse...

Tenho na memória de infância locais muito semelhantes em Montemor-o-Velho.
Bjs, boa semana

Roselia Bezerra disse...

Feliz tempo natalino, querida amiga Tulipa!
Imagino bem seu desestimulo, pode-se dizer que é natural neste tempo de Pandemia.
Quanto às fotos, morei onde tinha salineira e gostei de ver suas lindas fotos.
Tenha dias alegres!
Bjm carinhoso e fraterno

Cidália Ferreira disse...

Conheço as salinas de Aveiro. Obrigada pelas belas imagens que partilhou connosco!! :))
.
Nesta época, de amargo, e doce sentimento
.
Beijo. Abraço, e continuação de Boas Festas, com muita saúde.

PatriciaPorAí disse...

Olá Tulipa!
Salinas de Rio Maior? Nunca tinha ouvido falar.
Que lindas fotos!! E tiveste muita sorte em apanhar os montinhos do sal, pois eu este ano em Junho estive em Aveiro, e não tive a mesma sorte.
E que posto de turismo original. Bela reportagem com lindas fotos a acompanhar!!

Tomás B disse...

En España también hay salinas en el interior yo solo visite unas pero están casi en desuso y no se ven con tanta claridad.
Este año estoy tirando prácticamente de archivo ya que apenas visite zonas cercanas a mi domicilio.
Como nos dices que este año que comenzaremos en pocos días sea mejor que este.

Saludos.

José Alex Gandum disse...

Excelente regresso ao blog alguns meses depois do último post e com um tema muito interessante. Aliás, direi mesmo que este texto e estas fotos não são meramente um post de um blog, são um documentário, uma reportagem completa que poderia figurar em qualquer revista de circulação nacional ou de temática de viagens. Tenho visto coisas publicadas menos interessantes que este teu post, e coisas feitas por jornalistas e gente da área. Muitos parabéns. Do que me lembro das salinas foi uma vez ainda estava eu no Expresso que fizemos uma visita às salsichas Nobre e depois fomos almoçar num restaurante perto das salinas. Mas estava um temporal nesse dia, nem tirei fotos de jeito (ainda em papel) nem sei se estão comigo ou se as deixei no jornal. Obrigado pela "visita".

Roselia Bezerra disse...

🕊️Um novo ano vai começar, lembre-se de sonhar para que você continue a ter motivos para ser feliz.🕊️

Feliz 2021, querida amiga Tulipa!
Bjm carinhoso e fraterno de gratidão
😘🏡🙏🙌

Graça Pires disse...

Que bom regresso.
Aproveito para lhe desejar um ano 2021 com tudo o que mais quer, principalmente saúde e amor.
Um beijo.

Maré Viva disse...

Olá Tulipa, sê bem vinda à blogosfera!
Temos andado todas um pouco desaparecidas, mas é natural, atendendo aos tempos que temos vividos, que nos nos colocam lá em baixo, na cave...falo por mim, pelo menos, que me isolei completamente!
Venho desejar-te, um bom ano , aquele velho chavão...mas pelo menos que seja com saúde e melhor disposição , para pegar a vida pelos c....s!
E também peço imensa desculpa, porque estava no Smartphone quando moderei o teu comentário e como fica tudo em letras minúsculas, ao clicar em "Publicar" o dedo tocou no eliminar e foi-se num abrir e fechar de olhos, e não sei anular essa situação! Acredita que lamento, mas não é a primeira vez que me acontece.
Um abraço e mais uma vez, feliz Ano Novo!

Ailime disse...

Bom dia Tulipa,
Bom regresso! Saudades!
Gosto muito das Salinas de Rio Maior, que visitei por duas vezes.
As suas fotos estão como sempre fabulosas.
Desejo que este ano continue a dar muitos passeios e a mostrar-nos as suas imagens.
Tenha um 2021 com muita saúde, paz e amor.
Feliz Ano Novo!
Com um beijinho,
Ailime

Lily Allen disse...

this is such a good article thanks for sharing this blog it give lots of information
clipping path service

" R y k @ r d o " disse...

Salinas a proporcionar fotos maravilhosas.

Saudação amiga

MARILENE disse...

Um belo passeio que registrou com propriedade. Realmente, estamos todos já cansados e desanimados, mas a beleza dos lugares não se perdeu. Bjs.

A Paixão da Isa disse...

que fotos lindas eu adorava ir apanhar o sal quando era pequena nas salinas de Aveiro de onde eu sou que saudades desejo tudo de bom muita saude bjs